Em Caná da Galileia…



O presente das férias

Minha vida é um instante, um rápido segundo, Um dia só que passa e amanhã estará ausente; Só tenho, para amar-Te, ó meu Deus, neste mundo, O momento presente!… Como Te amo, Jesus! Por Ti minha alma anseia; Sejas meu doce apoio por um dia somente. Reina em meu coração: Teu sorriso incendeia Agora, no presente! Que me importa, Senhor, se no futuro há sombra?Rezar pelo amanhã? Minha alma não consente! Guarda meu coração puro! Cobre-me com tua sombra Agora, no presente! (…) Devo ver-te em breve na praia eterna, Ó Piloto Divino, cuja mão me conduz. Sobre as vagas(…)

Ler mais

A lição do perdão

Muitas coisas me tocaram durante toda a operação de resgate dos meninos da Tailândia. Tocou-me a serenidade, a gratidão e a paciência contínuas dos adolescentes, tocou-me a ausência de ataques de pânico. Tocou-me a prontidão da ajuda internacional, a rede de oração mundial, o voluntariado intenso. Viveram-se momentos raros de compaixão à escala mundial, que não deverão ser esquecidos. Mas houve um ponto em particular que me tocou: Quando se descobriu que os meninos estavam encurralados na gruta por culpa do treinador, a maior parte dos comentários à minha volta, neste cantinho ocidental onde vivemos, foi semelhante: “O rapaz deve(…)

Ler mais

Domingo XV do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga HABITUADOS A COMPLICAR O Hino de S. Paulo aos Efésios, que este domingo nos propõe para meditação e alimento, é das mais belas orações da Bíblia e merece ser rezado com tempo e tranquilidade. “Bendito seja Deus, (…) que do alto dos Céus nos abençoou com toda a espécie de bênçãos espirituais em Cristo.” Vivemos a maior parte das nossas vidas ignorantes em relação às bênçãos que a toda a hora recebemos do Senhor. São tempestades de graças, e nós(…)

Ler mais

Santos Zélia e Luís Martin

Hoje, doze de julho, é dia dos santos Zélia e Luís Martin. Conhecem-nos? São santos muito especiais, que todas as Famílias de Caná devem celebrar com entusiasmo nos seus lares. Na verdade, não são “apenas” o primeiro casal da História a ser canonizado ao mesmo tempo; são também os pais de cinco santas, sendo que a mais nova, Teresinha, é Doutora da Igreja, e das outras quatro – todas com reconhecidas virtudes de santidade – Leónia, a “filha difícil”, está em processo de canonização. Assim, o dia doze de julho bem pode ser a data da celebração de uma família(…)

Ler mais

As nossas cavernas

Era uma caverna, eram treze jovens. Mas durante quinze dias, era o mundo inteiro, eram todos os nossos filhos. Na Rússia, o Mundial, com as suas equipas profissionais e bem treinadas, apelava a nacionalismos, entre lágrimas e risos. Na Tailândia, uma outra equipa de futebol, pobre e desconhecida, apelava à nossa solidariedade, entre lágrimas e, por fim, muitos risos sentidos. Foram quinze dias que nos fizeram sofrer. Acordar de manhã e os meninos a perguntar: “Já saiu alguém da gruta?” Chegar à praia, dar um mergulho e os meninos a perguntar: “E agora, mamã, vê na net se já saiu(…)

Ler mais