Em Caná da Galileia…



Asia Bibi e o dom da fé

“Meninos, tenho uma grande notícia para vos dar”, anunciei há dias, reunindo a família junto ao Canto de Oração Familiar. A rebentar de curiosidade, todos se sentaram para me ouvir. “Asia Bibi foi libertada!” Gritos de alegria, palmas e muita animação. É que cá em casa, há anos que rezamos diariamente por esta grande cristã paquistanesa. A Sara é, por norma, quem primeiro se lembra desta intenção, antes do terço familiar. Nos dias que se seguiram ao anúncio, falámos do assunto com muita frequência. “Mãe, a Asia Bibi já pôde abraçar os filhos?” Queria saber a Lúcia, que tem uma(…)

Ler mais

Brincar é coisa séria!

Vivemos tempos sérios, hoje em dia. Gostamos que nos convidem para coisas sérias e importantes, que valham a pena e rendam qualquer coisa. Assim, se a atividade de catequese for séria e obrigatória, com direito a faltas, as crianças e os pais vão aparecendo. Mas se a atividade for um magusto, com direito a jogos e sujidade, então não é séria nem obrigatória, e nem crianças, nem pais aparecem. Haverá algo mais sério na infância do que brincar? Haverá algo mais sério na vida de pais do que brincar com os seus filhos? Época de testes… Estudo atrasado… Demasiadas Atividades(…)

Ler mais

Abram alas!

Quando, ao serão, nos sentamos todos na sala para a Oração Familiar, passamos por algumas pequenas discussões sobre o espaço que cada um ocupa: “Chega para aí, o sofá não é todo teu!” “Não dês pontapés, vais aleijar-me!” “Não vês que eu estava nessa cadeira e só me levantei para ir buscar um copo de água? Sai!” A situação complica-se quando o meu cansaço, que àquela hora já é muito, exige que o sofá mais pequeno seja todo para mim, a fim de me poder deitar nele enquanto rezamos. Outro dia, ao escutar estes comentários pouco simpáticos entre filhos em(…)

Ler mais

Domingo XXXII do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga QUEREMOS MELHORES EXEMPLOS? As leituras deste domingo apresentam-nos duas mulheres valentes, dessa valentia que caracteriza os santos e que os faz desafiar os pensamentos sensatos e equilibrados do “cristão mediano”. Estas mulheres valentes não foram rainhas, mas duas humildes viúvas, que nos tempos bíblicos se encontravam entre os mais pobres dos pobres. Ambas receberam de Jesus o reconhecimento dos seus méritos, no Evangelho de hoje e, no caso da viúva de Sarepta, no Evangelho de Lucas (4, 26). Vale a(…)

Ler mais

Mais um livro, mais uma surpresa, e um convite a todos vós!

Este Advento vem recheado de surpresas para vós! Já folhearam A Árvore de Jessé? Está tudo a postos para a atividade, durante o Advento? Então preparem-se para mais uma surpresa… Há uns anos atrás, por proposta vossa, realizámos o nosso primeiro Retiro de Natal em Fátima, nos dias entre o Natal e o Ano Novo. Procurávamos, todos nós, um buraquinho na nossa super-agenda natalícia para meditar neste acontecimento único na História que é a Encarnação do nosso Deus. Queixávamo-nos, todos nós, de que o Advento e o Tempo de Natal são épocas demasiado exigentes, com muito que organizar, comprar, cozinhar,(…)

Ler mais