Em Caná da Galileia…


Nozes partidas

Um dia destes, um vizinho simpático deixou-nos à porta um saco cheio de nozes. Quando os meninos chegaram a casa, foi uma festa! “Mãe, depressa, precisamos do quebra-nozes!” Pediu o David. Algum tempo depois, deparei-me com esta cena no jardim: “E se fizessemos bolo de noz?” Sugeriu a Clarinha quando já todos tinham a barriga cheia. Dois minutos depois, graças ao YouTube sempre à mão, a receita estava selecionada. Vamos a isto? A Lúcia e o António, no parapeito da janela, quebram as nozes; a Clarinha e a Sara, do lado de dentro, fazem o bolo. Que belo cheirinho vem(…)

Ler mais

Vamos abrir os guarda-chuvas!

Não há som mais bonito a acordar alguém durante a noite que o som da chuva a tilintar no telhado! Aí vem ela! Mas todos sabemos que não basta chover uma noite. E por isso, não vamos baixar a guarda… Há uns tempos atrás, D. Manuel Clemente pediu que se fizessem orações pela chuva, inclusive na missa. Agora foi a vez do nosso bispo, D. António Moiteiro: Peço a todos os sacerdotes que introduzam em todas as Eucaristias na nossa Diocese de Aveiro uma prece na Oração dos Fiéis a pedir o dom da chuva e rezem a oração feita(…)

Ler mais

Vittorio Trancanelli, médico, pai adotivo… e futuro santo

A propósito deste desafio que o Dia Nacional do Pijama nos vem colocar a todos nós, não resisto a partilhar convosco a história do Servo de Deus Vittorio Trancanelli, italiano, “o santo da sala de cirurgia” como era conhecido no hospital onde trabalhava. Médico cirugião dos nossos tempos – faleceu aos 54 anos em 1998 – Vittorio teve um único filho biológico, pois a sua saúde não lhe permitiu ter mais. Sofredor, Vittorio escondia as dores debaixo de um sorriso lindo e da atenção constante aos seus doentes, que servia com amor. E foi este amor imenso a Deus e(…)

Ler mais

Dia Nacional do Pijama

Ontem, a Sara foi para a escolinha… de pijama: Como certamente sabe quem, como nós, tem filhos no infantário, o dia em que se celebra a Convenção dos Direitos da Criança é também o Dia Nacional do Pijama. Com este dia, pretende-se alertar a sociedade portuguesa para a realidade de mais de oito mil de crianças que, em Portugal, vivem em instituições. Não terão esses meninos e essas meninas o mesmo direito inato a crescer numa família? Não terão esses meninos e meninas o mesmo direito inato a passar o dia de pijama, que o mesmo é dizer, vestidos à(…)

Ler mais

O teu superior

“Mãe, esta funcionária tratou-me como uma princesa agora, diante de ti, mas outro dia, quando aqui vim sozinha e ela não me reconheceu como tua filha, não foi a mesma coisa, nem sequer parecido…” A Clarinha e eu acabávamos de sair da escola que ambas frequentamos – ela como aluna do 11º ano, eu como professora. “A sério?” Perguntei-lhe, admirada. “Costuma ser tão simpática comigo! Não imaginei que com os alunos não fosse assim também.” “Não, não é. Está sempre de mau humor. O que vale é que a grande maioria dos funcionários não é assim. Geralmente são muito nossos(…)

Ler mais