Atividades de evangelização

atividadesevangelizacao@familiasdecana.pt


Árvore de Jessé com texto e símbolos novos

Como já vos contei, no dia do nosso Retiro de Natal recebemos, também nós, um presente: o Tiago Atalaia ofereceu-nos a pasta com os vinte e oito símbolos da nova Árvore de Jessé, respondendo com excelência ao desafio lançado no ano passado, de criarmos os nossos próprios símbolos e, a partir das Famílias de Caná, os oferecermos ao mundo inteiro. Ao Tiago, o nosso bem haja! A liberdade que nos é oferecida quando podemos criar os nossos próprios símbolos permitiu-me fazer algumas alterações ao texto da Árvore de Jessé já disponível neste site. Substituí algumas histórias, acertei algumas meditações, aprofundei(…)

Ler mais

Anjos de Natal

Onde está o teu irmão? (Gn 4, 9) Assim diz a frase no nosso Canto de Oração Familiar, neste Advento, desafiando-nos a fazermo-nos próximos de todos à nossa volta. Mas porque o amor começa em casa, e porque muitas vezes somos mais simpáticos para os de fora do que para os de dentro (já leram o ensinamento mensal, aqui na barra lateral esquerda do site?), este ano decidimos introduzir uma nova rotina no nosso Advento. E já é um sucesso! Propu-la à mesa do jantar, como é costume nas Famílias de Caná, habituadas a fazer da refeição familiar um momento(…)

Ler mais

Árvore de Jessé e alguns desafios

A Árvore de Jessé é talvez o desafio natalício trazido para Portugal pelas Famílias de Caná que mais entusiasmo tem suscitado nos nossos leitores, bem como nos lugares onde temos ido testemunhar. Alguns leitores estão apenas este ano a descobrir este site, e por isso nunca ouviram falar de tal coisa. Escrevi sobre a Árvore de Jessé aqui . Inspirem-se e ponham mãos à obra! Alguém me perguntou, por mail, se a Árvore de Jessé deve ser feita à parte da Árvore de Natal. Naturalmente que cada família faz o que acha melhor. Mas a ideia da Árvore de Jessé(…)

Ler mais

Deus pequenino

Durante o mês de Maria, no Centro Social S. José de Cluny, as crianças aprendem sobre a Mãe de Jesus e os meninos dos cinco anos rezam o terço, com as educadoras e as Irmãs. A Sara ainda só está no grupo dos quatro, e para o ano já não estará nesta escola, como referi, pelo que não chegará a rezar o terço desta forma. Mas o António ainda hoje fala do seu papel importante no Mês de Maria do ano passado, onde lhe coube ajudar os coleguinhas a rezar a Avé-Maria, no bonito hall de entrada, todo preparado para(…)

Ler mais

A confissão dos pequeninos

No sábado, na nossa paróquia, foi dia de confissões para os meninos dos seis anos. Depois de algumas sessões de preparação e de ensaio, finalmente os mais pequeninos puderam experimentar a alegria do perdão que só Jesus pode dar. “Cada um de nós é uma ovelhinha de Jesus”, expliquei aos meninos. “Quando fazemos coisas más, coisas feias, como bater, mentir, gritar com a mãe, responder torto ao pai, chamar nomes feios e dizer palavrões, a ovelhinha fica suja. Ficamos todos cheios de lama!” “Ah! Chamar nomes feios é pecado?” Perguntava um. “Eu bati num amigo, mas ele estava a pedi-las!”(…)

Ler mais