Em Caná da Galileia...


O belo retiro familiar de sábado

No passado sábado, o dia começou cedo, mas não foi preciso acordar ninguém como nos dias de escola: em dia de retiro, a alegria e o entusiasmo são geralmente suficientes para fazer todos saltar da cama!

Foram cerca de quarenta, as pessoas que vieram de algumas paróquias da região de Penacova, para fazer retiro connosco. Vinham com a família completa, ou vinham apenas a avó com os netos, a mãe com os filhos e, nalguns casos, a catequista com os catequisandos. Vinham de coração aberto e muita curiosidade.

A este grupo, juntou-se a querida leitora deste site Catarina Tomás com os seus três lindos filhos. Teve a coragem de fazer 200 km para nos vir conhecer e fazer retiro connosco. Valente! Adorámos conhecê-los, embora tivéssemos a sensação de que já nos conhecíamos, tantos foram os comentários ao longo dos últimos tempos. E para a Catarina, deve ter valido a pena, porque prometeu-nos voltar 🙂

Foram todos acolhidos no pátio do colégio com café e bolos – o António fez sozinho um bolo para a ocasião -, com o famosíssimo jogo “De cor e salteado” (no menu Jogos vem explicado!) e com muitas canções.

Já bem ambientados, repartimo-nos então pelas várias atividades do dia: os adultos ficaram comigo e com um bom tema quaresmal, as crianças ficaram com o Niall, o João Teles e a Isabel Silva, este belo casal de Caná que tanto nos ajuda.

No Canto de Caná, rezámos o terço em conjunto e louvámos o Senhor. Que grande alegria, quando todos rezamos uns pelos outros!

O almoço, como sempre, fez justiça às Bodas de Caná, tão abundante e delicioso era! Conversámos, os meninos brincaram, saboreámos o sol e o verde… Até o Daniel gostou!

À tarde, e depois de mais um ensinamento, fizemos a Via Sacra, que os meninos prepararam durante a manhã com muita criatividade e alegria. O texto está disponível aqui no site em Da Nascente – Orações, para quem quiser acompanhar-nos.

Terminámos no santuário, com adoração ao Santíssimo e confissões. É tão bom, poder adorar o Senhor na Hóstia Santa, sem pressa, e cruzar com Ele o nosso olhar!

Durante o lanche final, a promessa ficou: vamos voltar! Vamos repetir! Vamos anunciar aos que ficaram em casa como foi bom estar aqui!

Ficámos com a sensação de que sim, vão voltar, e sim, teremos neste grupo, em breve, algumas Famílias de Caná… Estarei enganada? Espero que não!

E convidamos mais paróquias e mais leitores do site a fazer o que estas paróquias e a Catarina fizeram: ponham-se a caminho, e venham ter connosco! Ficamos à vossa espera… Porque não se inscrevem para o retiro do próximo fim-de-semana?

Aqui fica o slideshow das fotos que temos do nosso encontro:

4 Comments

  1. Catarina Ramos Tomás

    Que me perdoem os irmãos das Paróquias da região de Penacova, pois este retiro era para eles, mas não resisto a ser a primeira a comentar…
    Se tivesse que definir este dia numa palavra diria que foi muito simples.
    Não foi simples decidir ir, não foi simples decidir quem levar, não foi simples pôr-me a caminho…
    Mas chegando, a simplicidade foi o sentimento.
    Foi simples fazer amigos, foi simples partilhar a refeição, foi simples ouvir falar sobre as obras de misericórdia, foi simples rezar o terço e a Via Sacra (“Mãe, a Sara é mais nova que eu e reza o terço muito melhor que eu!!! Porque o reza todos os dias!!!, TODOS OS DIAS??? Também podemos rezar???)
    Todos juntos, não é mais fácil, mas parece mais simples!
    Muito obrigada pela forma simples como fomos recebidos!

  2. Isabel Marantes

    Apesar de não ter estado no retiro, estas fotos trouxeram-me tão boas memórias do Canto de Caná!
    É verdade, Catarina, a simplicidade também é dos aspectos que mais me atrai nos convívios das Famílias de Caná. Parece que torna mais fácil as várias famílias serem uma só família e partilharem o que é realmente importante: nós próprios!
    E muito obrigada, família Power, pela constância do vosso testemunho. Bem-hajam! As fotos estão lindas!

  3. Helena Atalaia

    Não podemos estar presentes nestes dois retiros mas as fotos transmitem um pouco do que sempre vivenciamos em família em cada retiro: a amizade, a alegria e o crescimento espiritual, e tudo isso em família é lindo e vale tanto a pena! Temos muitas saudades mas provavelmente agora só para o nosso acampamento! Um beijinho a todos e obrigada Família Power.

  4. Quero agradecer a esta FAMÍLIA que tão bem nos acolheu, foi um dia repleto de emoções para nós, adultos, e para as nossas crianças! Quem não é feliz em oração?! vim de coração cheio!!!! Se vou voltar? Não tenham dúvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *