Em Caná da Galileia...


Os dez mandamentos do casal

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

Na homilia da missa do nosso casamento, o senhor padre António Assunção, pároco da minha infância e juventude, apresentou-nos Os Dez Mandamentos do Casal. Fê-lo em inglês e em português, visto ser um casamento bilingue e não querer deixar ninguém de fora. No final da missa, todos comentavam a importância destes mandamentos.

Num destes dias, numa troca de e-mails com o padre Assunção, recordei-os. E vinte e um anos depois do dia feliz do meu casamento, posso confirmar, com segurança absoluta, o seu valor. Assim, decidi partilhá-los convosco, para que também nas vossas casas, Os Dez Mandamentos do Casal possam trazer felicidade e harmonia conjugal e, por extensão, familiar.

1 – Nunca vos irriteis os dois ao mesmo tempo.

2 – Nunca griteis um ao outro, a não ser que a casa esteja em chamas.

3 – Se um dos dois tem que vencer uma discussão, deixa que seja o teu cônjuge.

4 – Se tens que criticar, fá-lo com amor.

5 – Nunca vos lanceis na cara erros do passado.

6 – Sê negligente com qualquer pessoa antes de o seres com o teu cônjuge.

7 – Nunca adormeçais com um desacordo por resolver.

8 – Pelo menos uma vez por dia, procura dizer ao teu cônjuge algo bondoso ou agradável.

9 – Quando tiveres feito alguma coisa equívoca, prepara-te para o admitir e pedir desculpa.

10 – Os dois não ralham se um não quer. O que está equivocado é o que mais fala.

(Laurence Hincks)

Este texto é um bom Exame de Consciência diário para os casais, quando a noite chega. Que tal tomar nota dos artigos que ainda não conseguimos cumprir, e escrevê-los em destaque no espelho da casa de banho, ou na porta do frigorífico? Ou escolher dois artigos por semana para um treino intensivo de amor conjugal? Que tal deixar, uma vez por todas, de pensar ou dizer: “A culpa é dele /dela”, “se ao menos ele/ela mudasse”, “eu ajo assim porque ele/ela me leva a tal”, e em vez disso, mudar a nossa forma – não a do cônjuge – de agir, falar e amar?

Bons treinos!

4 Comments

  1. Bons conselhos. Evitaríamos muita desgraça se os seguíssemos.
    Obrigada pela partilha e por tudo o que escreve. Também vou lendo outras famílias católicas. Gosto muito do blog da Olívia, mas há algum tempo que me aparece uma página estranha. Sabe dizer o que se passa?
    Peço desculpa pelo abuso, mas há tanto tempo vos sigo que já me sinto em família.
    Obrigada. Maria Sousa

    • Pilar Pereira

      A Olívia apagou o blogue e o endereço foi ocupado.

    • Olá Maria! Não tenho tido acesso à net o dia todo, por isso não respondi a tempo. Mas a Pilar tratou disso e muito bem! A Olívia achou necessário dedicar mais tempo a outros assuntos. Escrever um blogue evangelizador, como os das Famílias de Caná, leva muito tempo, e ao fim de alguns anos torna-se necessário repensar. Mas por que não começam outras famílias um blogue cristão? Fica o desafio 🙂 Um abraço, Teresa

  2. Helena Barros Le Blanc

    Teresa: o décimo mandamento surpreendeu-me! Deveras interessante. Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *