Atualidade

atualidade@familiasdecana.pt

Bispo de Coimbra vai «lavar os pés» a 12 bombeiros na Semana Santa

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

Foto: www.vidadebombeiro.com.pt

O bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, vai lavar os pés a 12 bombeiros de corporações da região, na celebração vespertina de Quinta-feira Santa (29 de março), na Sé Nova daquela cidade, evocando o drama dos incêndios de 2017.

A celebração do lava-pés é “extremamente importante no Tríduo Pascal” e “costuma ser um momento marcante da presença do bispo junto dos que mais sofrem”, explicou à Agência Ecclesia o padre Nuno Santos, reitor do Seminário Maior de Coimbra e responsável pelo programa das celebrações da Quaresma e Páscoa.

Este ano, a Diocese de Coimbra considerou “importante homenagear e reconhecer o trabalho dos bombeiros”, depois dos incêndios que fustigaram aquela região do país.

Na celebração, marcada para as 21h00, vão estar presentes 24 corporações de bombeiros, e destas “vão ser escolhidos 12 bombeiros” das corporações que estiveram no início dos incêndios.

Para o padre Nuno Santos, esta é uma forma “de reconhecimento” do trabalho dos soldados da paz no combate aos incêndios; o facto do bispo “se ajoelhar aos pés daqueles homens significa muito”.

“Os fogos tiveram um impacto muito doloroso na Diocese de Coimbra” e o sentimento de “perda” tanto das vidas como do lado ecológico ainda está patente naquelas populações, realçou o sacerdote.

Os bombeiros procuraram “quase para além das suas forças, evitar que os incêndios tivessem consequências mais negativas para as populações”, elogiou o responsável.

Após os fogos de outubro de 2017, D. Virgílio Antunes, bispo de Coimbra, manifestou a sua solidariedade às comunidades atingidas pela “calamidade”.

No distrito de Coimbra foram contabilizados mortos em Penacova, Oliveira do Hospital, Arganil e Tábua.

Fonte: Agência Ecclesia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *