Atualidade

atualidade@familiasdecana.pt

Viseu: Bispo aponta que “o caminho é o do acolhimento total dos recasados”

Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

Fonte: Renascença

A diocese de Viseu vai convidar os casais recasados a viver a alegria do amor, como membros da Igreja, formando equipas que vão acompanhar essas pessoas casadas em segundas ou terceiras núpcias.

“A postura do bispo e da diocese de Viseu é sempre esta: os casais recasados são convidados a viver a alegria do amor, os casais casados em segundas ou terceiras núpcias são convidados a viver a sua opção como membros da Igreja”, explica o bispo D. Ilídio Leandro.

“Na formação permanente que fizemos, decidimos que em cada arciprestado haja dois casais que, com um padre, vão à procura chamando aqueles casais que estejam à margem da Igreja”, explica D. Ilídio, reforçando: “O caminho é o do acolhimento total dos recasados. Tomar parte dos sacramentos da Igreja será um caminho a fazer com o seu director espiritual.”

“Nós – a Igreja e os padres – fomos culpados dessa situação, pela prática de palavras e não aceitação a ser padrinhos, por exemplo, ou a fazer parte de grupos da igreja. Nós fomos afastando as pessoas da Igreja”, acrescenta.

D. Ilídio revela ainda que no Dia da Diocese, em julho, será organizado para um encontro destas equipas que vão acompanhar os recasados: “Insistimos que o dia 1 de julho, dia da diocese, seja precisamente dia de um encontro dessas equipas, com casais, para proporem com amor aos recasados, essa entrada e abertura à Igreja.”

A diocese de Viseu começa a organizar as equipas de procura e encaminhamento dos recasados no próximo Conselho Presbiteral, a 27 de fevereiro.

Fonte: Renascença

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *