O eclipse lunar e o Cântico dos Cânticos

Na sexta-feira dia 27, iniciou-se o Segundo Acampamento de Caná. O Niall e eu estávamos felicíssimos: nesse dia, fazíamos vinte e dois anos de casados, e nem nos nossos mais ousados sonhos podíamos imaginar melhor maneira de os comemorar. Deus é muito nosso amigo! Pois que há de melhor, ao fim de vinte e dois anos de casamento, do que ter à nossa volta uma família feliz, ainda a crescer, e um Movimento a nascer e a fazer caminho? Depois rimo-nos juntos: se há vinte e dois anos atrás, no hotel onde passámos a lua de mel, alguém nos dissesse(…)

Ler mais

Cães e Caçadores

(Jogado durante o Acampamento de Caná 2018) Adaptámos o jogo Cão e Caçador (“Hound and Hunter”) que encontrámos no site www.ultimatecampresource.com (vale a pena uma visita a esse site para quem organiza atividades para grupos de jovens, catequese e outros). Antes do jogo, colocámos secretamente vários montes de rebuçados (“tesouros”) ao redor do acampamento. Dividimos os participantes em 2 grupos: adultos e crianças. Os pais seriam os cães, enquanto as crianças seriam os caçadores. Explicámos a todos que os cães iriam ser soltos em busca de vários tesouros escondidos algures no acampamento e, quando encontrados os tesouros, os cães (os(…)

Ler mais

Em busca da santidade

(Jogado durante o Acampamento de Caná 2018) Vários minutos antes do início deste jogo, combinámos tudo com 5 jovens que lá estavam (“jovens de caná”). Eles iriam ter várias tarefas. Primeiro, tinham de escolher um Santo da Igreja que conheciam e sobre o qual podiam falar um pouco no momento certo do jogo. Depois, tinham de guardar uma mão cheia de rebuçados para o que aí vinha. E por fim, tinham que se esconder algures no acampamento. Aos restantes participantes, pais, filhos e outros, explicámos o jogo. Estariam escondidos 5 Santos no nosso acampamento e os participantes tinham que ir(…)

Ler mais

Estafetas

(Jogado durante o Acampamento de Caná 2018) Um jogo tão simples e tão empolgante! Todos os participantes no Acampamento de Caná foram convocados para este jogo e divididos em 2 equipas, misturando pequenos e grandes, que por sua vez foram organizadas em 2 filas. Foi criado um pequeno percurso, uma corrida de cerca de 10 metros até uma bandeira. Cada membro da equipa tinha de correr o mais depressa possível até à bandeira e voltar para passar a estafeta ao próximo. Neste caso, a estafeta que as equipas usavam era um pedaço de madeira com a palavra “Fé” escrita nela,(…)

Ler mais