Encontro em Aldeia, entre Aldeias

5 de Março, domingo, foi o dia combinado para um encontro, mais um, sempre tão bom! Muita chuva num dia cinzento mas muito luminoso nos nossos corações…” É hoje, não é mãe? Vamos estar no encontro da aldeia de Mogofores? E vamos cantar todos? E vão estar os Power todos?! E vamos poder brincar…” perguntavam as miúdas animadas! Durante algumas semanas procuramos uma data para a nossa visita, da Aldeia de Santa Isabel a Mogofores. A Isabel teve esta ótima ideia, de participarmos num encontro da Aldeia de Caná de Mogofores, de rezarmos em conjunto…e assim foi! É bom estarmos(…)

Ler mais

A festa na Aldeia e o picante da Terra

Há dois meses que a Aldeia de Caná Nossa Senhora Auxiliadora não reunia, tantos foram os compromissos e as doenças. Mas mal despontou fevereiro, marcámos encontro. Antes, reuníamos nos primeiros sábados, depois da catequese, às quatro horas. Depressa nos demos conta de que as crianças estavam naturalmente já cansadas, refilando que não conseguiam rezar o terço, e tudo era feito um pouco a correr. Então optámos pelo primeiro domingo, às três da tarde. E que boa decisão essa! Domingo surgiu luminoso, depois de uma semana de chuva intensa. Às três horas, estávamos no santuário cinco famílias, praticamente completas, e uma(…)

Ler mais

O encontro em Fátima

Por esta altura, já devíamos saber que Deus nunca Se deixa vencer em generosidade. No entanto, os seus dons continuam a surpreender-nos! Foi assim Fátima, neste sábado dia 14. Apesar de eu ter passado toda a semana praticamente de cama, Nossa Senhora permitiu-me acordar cheia de forças e de alegria. E lá rumámos nós à casa da Mãe, para dar testemunho do dom que Deus nos fez. O salão estava tão cheio, que havia pessoas fora e nos corredores. Eram cerca de quinhentas pessoas. “Tanta gente, mãe! Eu tenho vergonha!” Diziam os mais novos. Também a Lúcia contorcia os dedos,(…)

Ler mais

Portas Santas

Cancelar – adiar, melhor dizendo – um retiro por falta de participantes é, para nós, uma enorme frustração. Foi a segunda vez que nos aconteceu, e dói sempre muito. Precisamos então de recordar que somos servos inúteis, e que a nossa vocação é semear sem olhar a custos e sem olhar a frutos. O que Deus quer, para nós está sempre bem. “Tu queres, Jesus? Então eu também quero”, dizia a jovem beata Chiara Badano, e nós gostamos de repetir com ela esta entrega contínua e alegre à vontade de Deus. Mas fica-nos sempre na alma a amarga sensação de(…)

Ler mais

O nosso retiro

No sábado passado tivemos o nosso retiro Famílias de Caná, especialmente pensado para as famílias que se sentem comprometidas com o movimento e o querem vir a assumir publicamente. Que dia maravilhoso! Tudo o que pudermos dizer sobre ele não tocará senão na superfície… A manhã reluzia ao sol, o Centro Social S. José de Cluny tinha as portas abertas para nos receber, e famílias de rostos felizes saltavam dos carros com alegre expetativa. Sentíamo-nos entre amigos, pois a maioria das pessoas já se tinha cruzado em retiros anteriores, e os poucos que não se conheciam foram calorosamente acolhidos por(…)

Ler mais