Bebés reais

A hora da última mamada do Daniel tem-me permitido ver alguma televisão antes de me deitar, algo que há anos (desde que a Sara mamava também) não fazia. Gosto muito daqueles minutos ali, enroscada no sofá com o meu bebé, o Niall ao lado, a televisão ligada, conversando sobre o que se passa no mundo. Sei que, em breve, estes momentos passarão, pois o Daniel irá crescer e eu retomarei o meu trabalho ao computador aos serões. Mas por enquanto, vou aproveitando… E foi assim que pude acompanhar a explosão de alegria pelo nascimento do mais recente “bebé real”, na(…)

Ler mais

O fogo e a luz em dia de S. Valentim

Estou há uma semana a procurar encontrar uns minutos para me sentar aqui a escrever, mas o tempo – mesmo o meu – não estica o suficiente. Tenho aproveitado estes dias verdadeiramente primaveris para fazer uma grande limpeza à casa e, claro, para passear com o Daniel pelos campos em redor. Assim, vou tentar escrever agora… Bem, vou tentar daqui a uns minutos, que o Daniel está a chorar. Volto já 🙂 Pode um casal viver apaixonado oito filhos depois daquele primeiro “Sim”? Ainda há tempo para o romance, quando há fraldas para mudar, trabalhos de casa para vigiar, crianças(…)

Ler mais

O dom mais precioso

O Daniel já faz parte das brincadeiras familiares. Ora vejam como ele – quase – brinca com o António e a Sara na sala: E vejam também como ele – quase – aprende a fazer o cubo mágico com os outros nossos três rapazes: Pensei que ao fim de mês e meio, a novidade se tivesse esgotado e o Daniel deixasse de ser a prioridade dos irmãos. Enganei-me. A primeira coisa que os manos fazem, ao chegar da escola, é lavar as mãos para poderem pegar-lhe ao colo. E a primeira coisa que fazem, ao acordar, é correr ao nosso(…)

Ler mais

Maravilhas

O Daniel está quase a fazer um mês. Há tão pouco tempo que irrompeu nas nossas vidas, e já ocupa um lugar que é só seu e que todos lhe reconhecemos! Como chegou a casa, vindo da maternidade, no último dia de aulas do período, o Daniel passou quinze dias intensivos de convívio familiar, experimentando todos os colos da família e arredores, entre irmãos, tios, primos, avó e amigos. Houve quem quisesse saber se o Daniel cabia na caminha das bonecas… E houve quem descobrisse que também se pode estudar para exames de engenharia com um bebé ao colo: Agora,(…)

Ler mais

Pastores ou anjos? Irmãos!

O menino nasceu, e logo logo, o pai foi buscar os irmãos para o virem conhecer. Entraram de rompante na maternidade e aguardaram em alegre expetativa que eu saísse do recobro e passasse da sala de partos para o quartinho na obstetrícia. Finalmente, a hora chegou! Deitada na cama, passei por junto dos meus seis filhos reunidos, e a rir e a chorar ao mesmo tempo, abracei-os um a um. Que grande festa! Felizes, todos espreitaram o Daniel, escondido no calor dos meus braços, e assim entrámos no quarto onde ficaríamos durante os próximos três dias. Três dias em que(…)

Ler mais