Tempo de família… com chuva

Depois de tanto pedirmos a Deus o dom da chuva, ei-la para ficar, e ficar, e ficar… E ainda há quem diga que Deus não escuta as nossas orações?! Quando chega a hora de ir buscar os meus filhos à escola, nestes últimos dias, rezo por um pouquinho de sol, ou pelo menos, por uma trégua na chuva. É que dez pessoas numa casa tipo T3, sem poder ir lá fora, não é fácil. Já para não falar nos fins-de-semana… No fim-de-semana anterior a este, a Sofia Portela, a namorada do Francisco, veio visitar-nos. Assim, fomos onze fechados numa casa,(…)

Ler mais

Os montes da infância

Catequese, domingo de manhã, depois da missa das dez. Diante de mim, um grupo de meninos e meninas de onze e doze anos. Hoje falamos sobre os Dez Mandamentos, a propósito da leitura da missa desta manhã, e sobre o bezerro de ouro e os nossos “bezerros de ouro”, a partir do texto de Os Mistérios da Fé (já têm os três livros desta coleção, que eu escrevi?). “Para entendermos bem o que aconteceu a Moisés sobre o monte Sinai, pensem nos montes a que já subiram, nos rochedos que já escalaram, naquela sensação do vento a fustigar-vos o rosto,(…)

Ler mais

Banhos de lama

Como certamente já todos nos apercebemos, o país anda numa fúria a cortar árvores, para cumprir a lei de limpeza das matas e evitar mais mortes humanas em fogos florestais. Bem ou mal feita, a limpeza vai acontecendo, e Náturia – o “belo” descampado à volta da nossa casa – não escapou à fúria. Numa destas tardes, ao chegar da escola, os meninos deram com um enorme camião carregado de troncos. As árvores de Náturia já não existiam. Enquanto os rapazes observavam a azáfama dos trabalhadores, com as suas escavadoras e os seus guindastes, a Sara desatava a chorar, com(…)

Ler mais

Brincar em modo de retiro

Os encontros Famílias de Caná são sempre, como bem diz o nome, em família. Alguns ensinamentos reúnem a família toda, outros são feitos separadamente para pequenos e para grandes. E há sempre crianças a passar! Mas um retiro não é só feito de palavras, não! Também é feito de brincadeira, porque a brincar também louvamos o Senhor, e de que maneira! Brincar com os filhos é talvez o dever mais divertido dos pais. Dever? Sim, dever. Todos os pais têm a obrigação de brincar com os filhos de vez em quando! Um dever que rapidamente se transforma em prazer… Assim,(…)

Ler mais

A neve de Nossa Senhora

Santa Teresinha, minha amiga desde a infância, conta na sua autobiografia um episódio que sempre me tocou: Não sei se já vos falei do meu amor pela neve. De muito pequena, a sua brancura encantava-me. Um dos meus maiores prazeres era passear sob os flocos de neve. (…) Enfim, sempre desejara que no dia da minha Tomada de Hábito a natureza estivesse como eu, vestida de branco. Na véspera desse belo dia, olhava tristemente para o céu cinzento, de onde se escapava, de tempos a tempos, uma chuva fina; a temperatura era tão amena, que não esperava neve. (…) Mas(…)

Ler mais