Domingo XXIX do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga SERVIR É SER GRANDE Mais um domingo, e Jesus continua a caminho de Jerusalém. Longa, esta viagem, que Jesus aproveita para evangelizar os seus discípulos! Longa para nós também, pois como para eles, também para nós passa domingo após domingo sem que aprendamos a lição… “Concede-nos que, na tua glória, nos sentemos um à tua direita e outro à tua esquerda”, pedem a Jesus os manos Tiago e João. Já naquele tempo se subia na vida à custa dos famosos(…)

Ler mais

Domingo XXVIII do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga NÃO COLOQUEMOS FALSOS TETOS NOS NOSSOS ESFORÇOS Um homem corre ao encontro de Jesus, com ânsias de eternidade. Devia ter nos olhos aquele brilho de quem sabe sonhar. Corre e ajoelha-se, porque reconhece em Jesus um enviado de Deus, o único realmente bom. “Que hei-de fazer para alcançar a vida eterna?” A resposta de Jesus aponta para os mandamentos. É curioso que Jesus não refere os três primeiros, relativos à nossa relação com Deus, mas os restantes sete, relativos à nossa relação(…)

Ler mais

Domingo XXVII do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga TODAS AS OPERAÇÕES ENVOLVEM SOFRIMENTO Neste domingo, contemplemos a maravilha e o mistério do sacramento do matrimónio, santificador da união entre homem e mulher e berço de vida, essas crianças que Jesus abraçará no Evangelho. O relato do Génesis sobre a origem da mulher é pitoresco, colorido e ternurento; mas sobretudo, é de uma profundidade como só um escritor inspirado por Deus pode alcançar. A mulher, diz-nos a parábola, foi criada durante o sono do homem, “um sono profundo”. É por isso(…)

Ler mais

Domingo XXVI do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga PISTAS PARA A NOSSA DESCLERICALIZAÇÃO Moisés recebeu de Deus a difícil missão de conduzir o povo até à Terra Prometida. Às vezes, apetecia desistir. Moisés falava então com Deus e não media as palavras, como neste trecho do Livro dos Números: “Acaso fui eu que concebi todo este povo? Fui eu que o dei à luz, para me dizeres: Leva-o ao colo, como a ama leva a criança de peito, até à terra que prometeste a seus pais? Onde arranjarei(…)

Ler mais

Domingo XXV do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga QUE PACIÊNCIA, A DO “PROFESSOR JESUS”! Este domingo continua a falar-nos da Cruz de Jesus, que precisamos de carregar atrás do Senhor, se queremos ser seus discípulos. Coloquemo-nos diante da Palavra e deixemo-nos tocar, moldar, triturar por ela, até sermos crucificados com o nosso Salvador, para com Ele também nós entrarmos na Vida. “Armemos ciladas ao justo, porque nos incomoda e se opõe às nossas obras (…) Provemo-lo com ultrajes e torturas para conhecermos a sua mansidão e apreciarmos a sua paciência.”(…)

Ler mais