Domingo XVIII do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga.  Esta reflexão regressa no final de agosto. PEQUENOS E GRANDES MILAGRES DE CADA DIA Neste domingo somos carinhosamente conduzidos ao deserto, esse lugar de desolação onde Deus Se revela na sua providência amorosa. Como Israel, deixemo-nos levar. No deserto, falta tudo. Caminhando entre a areia escaldante e o céu azul, o homem que por ali passa é atraído irresistivelmente para cima, para um Deus Uno como una é a paisagem que o rodeia. Assim, o deserto é o lugar ideal para crescer(…)

Ler mais

Domingo XVII do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga NADA SE PERDE, TUDO SE MULTIPLICA A Palavra deste domingo confronta-nos diretamente com o que há de mais radical na doutrina de Jesus – e com o que de menos radical nós, cristãos, vamos fazendo. Porque no dia em que vivermos o que hoje nos é proposto, o mundo será um lugar diferente. Um homem do povo oferece ao profeta Eliseu as primícias do seu trabalho: vinte pães de cevada e de trigo novo. É a sua forma de agradecer a Deus,(…)

Ler mais

Domingo XVI do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga UM LUGAR ISOLADO “O Senhor é meu pastor: nada me faltará!” Assim cantamos neste domingo, rezando com David o belíssimo salmo 23, que muitos conhecemos de cor. São Palavras para repetir baixinho, no silêncio do coração, nos momentos de alegria como de dor, nos momentos de consolação como de desolação: “Ainda que tenha de andar por vales tenebrosos, não temerei nenhum mal, porque Vós estais comigo.” Este verso é, de facto, o nosso Credo, nós que dizemos acreditar no Amor. Porque se(…)

Ler mais

Domingo XV do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga HABITUADOS A COMPLICAR O Hino de S. Paulo aos Efésios, que este domingo nos propõe para meditação e alimento, é das mais belas orações da Bíblia e merece ser rezado com tempo e tranquilidade. “Bendito seja Deus, (…) que do alto dos Céus nos abençoou com toda a espécie de bênçãos espirituais em Cristo.” Vivemos a maior parte das nossas vidas ignorantes em relação às bênçãos que a toda a hora recebemos do Senhor. São tempestades de graças, e nós(…)

Ler mais

Domingo XIII do Tempo Comum ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga PARA JESUS NÃO HÁ ANÓNIMOS Jesus passava no meio da multidão, “que O apertava de todos os lados”. Jesus e a multidão, a multidão e Jesus: uma atração irresistível durante os três anos da sua vida pública. Neste domingo, somos desafiados a fazer parte desta multidão que era capaz de seguir Jesus a qualquer hora do dia ou da noite, a pé, descalça, com fome e sede, deixando tudo para O escutar, para O seguir, para Lhe tocar no manto. Aqui estamos(…)

Ler mais