Espanha: Mulher multada pela Câmara por projetar uma cruz de luz

Uma mulher de Callosa de Segura, Alicante (Espanha) foi multada a pagar 100 euros por dia à Câmara municipal por permitira projeção de uma cruz da varanda da sua casa até a fachada da igreja, onde estava a cruz que o presidente da Câmara retirou violando a Lei da Memória Histórica em 29 de janeiro. Fran Macià, presidente da Câmara de Callosa de Segura, retirou a cruz que estava na praça da igreja, uma decisão que causou grande controvérsia, pois centenas de vizinhos permaneceram durante 400 dias se revezando a fim de evitar que a cruz fosse retirada e em(…)

Ler mais