O pobre Lázaro, o rico e a recompensa eterna

Num destes dias, o Evangelho apresentou-nos uma das histórias mais perturbadoras da Bíblia: a parábola do pobre Lázaro e do rico. Diz o Evangelho que Havia um homem rico que se vestia de púrpura e linho fino e fazia todos os dias esplêndidos banquetes. Um pobre, chamado Lázaro, jazia ao seu portão, coberto de chagas.  (Lc 16, 19-20) A história continua, dizendo que, ao morrer, o pobre Lázaro foi levado para “o seio de Abraão”, isto é, o Céu, enquanto que o rico foi levado para a morada dos mortos e achava-se em tormentos, ou seja, o inferno. Estou convencida(…)

Ler mais

Domingo I da Quaresma, ano B

Reflexão semanal sobre as leituras do próximo domingo, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga FOMOS SALVOS PELAS ÁGUAS! A imundície desta Terra não se lava com uma simples passagem de um pano húmido; precisa de um autêntico dilúvio! Quem assistiu, pela televisão, aos dois terríveis tsunamis que marcaram o início deste milénio, não duvida do poder que as torrentes de água viva têm para derrubar mesmo os mais altos arranha-céus construídos pelos homens. À passagem das águas, tudo tomba como um baralho de cartas. Se não víssemos as imagens e os vídeos amadores partilhados na altura, não acreditaríamos. Deus(…)

Ler mais

Domingo VI do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal sobre as leituras do próximo domingo, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga SÓ O PODER CURATIVO DE JESUS RESOLVE AS NOSSAS LEPRAS O Levítico é o Livro da Lei de Moisés. Mas estas leis estão tão distantes de nós, que nos custa entender como pode este livro fazer parte da Bíblia. Que interesse tem, hoje, saber como se preparava um boi para o sacrifício? Ou que tipo de alimentos se podiam comer em Israel? Ou, no caso da leitura de domingo, que medidas sanitárias eram utilizadas para evitar o contágio da lepra numa sociedade primitiva? E no(…)

Ler mais

Domingo V do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal sobre as leituras do próximo domingo, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga PODEMOS IR TER COM JESUS A QUALQUER HORA “Porquê?” É geralmente assim a primeira reação diante do sofrimento. É a pergunta que os meninos colocam na catequese, a pergunta que os crentes colocam aos sacerdotes, a pergunta que os não-crentes colocam aos crentes, quase como um desafio: se Deus existe, por que razão sofrem os homens, especialmente os inocentes? Esta pergunta é tão antiga quanto o ser humano e acompanha todas as gerações. Também atravessa a Bíblia, transformando-se em conto no Livro de Job. A(…)

Ler mais

Domingo IV do Tempo Comum, Ano B

O semanário diocesano Correio do Vouga pediu-me para assumir a reflexão semanal sobre as leituras de domingo. Decidi aceitar. Autorizam-me a publicação, neste site, do mesmo texto, depois da sua publicação no jornal. Assim, a partir de hoje, todas as sextas-feiras terão aqui a minha partilha sobre as leituras a serem proclamadas no domingo seguinte. Espero que vos ajude tanto a vós, lendo, como a mim, escrevendo! Aqui fica a primeira: ESTÁ NA HORA DE LEVAR A SÉRIO A NOSSA VOCAÇÃO DE PROFETA O Deuteronómio é, por excelência, o livro de Moisés. Nele, Moisés fala ao povo, abençoando, animando, relembrando(…)

Ler mais