As nossas cavernas

Era uma caverna, eram treze jovens. Mas durante quinze dias, era o mundo inteiro, eram todos os nossos filhos. Na Rússia, o Mundial, com as suas equipas profissionais e bem treinadas, apelava a nacionalismos, entre lágrimas e risos. Na Tailândia, uma outra equipa de futebol, pobre e desconhecida, apelava à nossa solidariedade, entre lágrimas e, por fim, muitos risos sentidos. Foram quinze dias que nos fizeram sofrer. Acordar de manhã e os meninos a perguntar: “Já saiu alguém da gruta?” Chegar à praia, dar um mergulho e os meninos a perguntar: “E agora, mamã, vê na net se já saiu(…)

Ler mais

Testemunho jovem e missão

Há uns tempos, o Francisco e a Clarinha foram dar testemunho da sua vida de jovens cristãos numa paróquia da diocese de Coimbra, para adolescentes, jovens crismandos e crismados. Neste sábado passado, repetiram o testemunho, aqui no Santuário, para jovens crismandos de uma paróquia vizinha que se encontravam a fazer um retiro de dois dias. O Francisco e a Clarinha prepararam o seu testemunho com muito cuidado e muito entusiasmo. Não li as suas notas e não os ouvi “ensaiar”, para não lhes roubar a privacidade de um testemunho pessoal. Mas sei que incluía o testemunho de ambos sobre vida(…)

Ler mais

Missões de Caná… um pouco por todo o lado!

Amanhã, sexta-feira, partimos de avião rumo à Suíça. Será a nossa primeira Missão Caná fora do país. Calculam certamente a alegria e o entusiasmo com que andamos a preparar estes dias, não é verdade? Na semana seguinte, vamos orientar o retiro de quaresma das famílias de Matosinhos. Como sabemos que há muitas famílias, na zona norte, com vontade de caminhar connosco, abrimos aqui no site inscrições para quem se quiser juntar a estas famílias. Inscrevam-se em Eventos. Já sabem: levem uma merenda para partilhar com todos, muita alegria e muita generosidade! Um pouco por todo o país, há famílias a(…)

Ler mais

Ser santo é fácil

“Ajude-me a ser santo.” Assim escreveu o pequeno Domingos Sávio num papelinho, que entregou a D. Bosco. D. Bosco leu, sorriu, chamou-o junto de si e disse-lhe: “Domingos, ser santo é fácil: basta que estejas sempre alegre, que cumpras os teus deveres, que faças sempre o bem e não descures a oração.” Domingos ficou tão entusiasmado com aquele “ser santo é fácil”, que se tornou santo. Um grande santo. À semelhança do seu mestre, que amanhã celebramos. Nos últimos fins-de-semana, tivemos aqui no Canto de Caná dois encontros com algumas Famílias de Caná: o primeiro, com as Famílias de Caná(…)

Ler mais

Controlo de velocidade de cruzeiro

A nossa missão em Faro foi preparada com muita animação, pois nunca lá tínhamos estado como família. Queríamos aproveitar ao máximo o tempo de missão para fazermos também a nossa descoberta do Algarve. Estávamos muito entusiasmados com a ideia de viajarmos num único carro – geralmente levamos dois, pois o monovolume só tem sete lugares -, graças à generosidade dos salesianos, que nos iriam emprestar a carrinha de nove lugares do colégio. Uma viagem de cinco horas faz-se melhor estando todos juntos, em animada conversa. Assim, sábado de manhã fizemo-nos à estrada, ainda não eram nove horas. Depois de alguns(…)

Ler mais