A gravidez chega ao fim…

Maria está grávida, já só falta um dia. Grávida da Vida, grávida da Luz. No seu seio, no seu coração e na sua vida inteira, Jesus encontrou o Paraíso. Quando, em outubro passado, fomos a Matosinhos testemunhar, recebemos uma belíssima imagem artesanal em barro de Nossa Senhora do Ó. Ao chegar a casa, coloquei-a sobre a minha secretária, para aí me recordar continuamente a maternidade que também eu sou chamada a viver, e a maternidade de tantas e tantas mulheres necessitadas da minha oração. No início do Advento, construímos o Presépio como sempre, com Maria, José e o Menino, desta(…)

Ler mais

E estamos no Advento!

Sábado 2 de dezembro, véspera de Advento. Cá em casa, a alegria estava ao rubro:  o grande dia chegara! “Mamã, quando vamos ao musgo?” “Já preparaste a cortina para o Presépio? E a Árvore de Natal? Podemos ir desempacotar tudo?” Mas foi preciso esperar pela tarde para pormos mãos à obra. Que felicidade! Como costume, o pai e os mais novos vão apanhar o musgo aqui perto, com o carrinho de mão. Desta vez, contudo, o carrinho de mão não vem cheio: a seca que vivemos no nosso país não deixa o musgo crescer. O Presépio terá de ficar mais(…)

Ler mais

Presépio tradicional português candidato a património imaterial da humanidade

O presépio tradicional português é candidato, tal como outros presépios tradicionais europeus, a património imaterial da humanidade. Trata-se de uma candidatura conjunta que inclui, além de Portugal, outros países como Alemanha, Suíça, Espanha e Itália. O processo é demorado e, provavelmente, só no início de 2018 será apresentado, definitivamente, aos órgãos da UNESCO. A ideia desta candidatura partiu da Federação Mundial dos Presépios. Da parte portuguesa, a iniciativa de aderir foi do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja. As razões que levaram Portugal a associar-se a esta candidatura internacional tiveram a ver com o “grande património(…)

Ler mais

Mais presépios partilhados

A Olívia enviou-nos duas fotografias de presépios. O primeiro foi feito pelas suas meninas mais crescidas, com a avó. Achamos maravilhoso como conseguiram fazer um presépio tão lindo quanto simples, com materiais colhidos no campo: cortiça, bolotas e ramos de sobreiro. Também usaram tinta (para as expressões faciais) e cola, claro. O segundo presépio foi feito pela Maria quando estava no jardim de infância, com orientação da educadora. As figuras da Sagrada Família foram moldadas e pintadas; o corpo do Anjo foi feito com cartolina, a cabeça com uma bola de pingue-pongue e as asas resultaram de um laço feito com fita.(…)

Ler mais

Um texto, quatro partilhas!

Na Paróquia do Milharado (concelho de Mafra) há todos os anos um concurso de Presépios de Rua. Este ano um grupo das aldeias de Ribeiradas e Moinho do Rei, onde se incluem a Aida e a Vera, simpáticas seguidoras do site, incluiu na sua participação uma magnífica Árvore de Jessé, com vários elementos “ao vivo”. Chamamos a vossa atenção para a Sagrada Família, em vasos de barro. Não podia ser mais a propósito, já que a espiritualidade das Famílias de Caná passa pelas “seis bilhas”. A Vera enviou-nos uma fotografia do resultado final do trabalho: Na Família Santos, onde há um menino (o(…)

Ler mais