O luar, o texugo e a oração familiar

Já repararam como tem estado bonita a lua cheia, esta semana? Ilumina de tal forma, que caminhamos na noite quase como se caminha de dia. Pelo menos aqui, nos campos ao redor da nossa casa. Todas as noites, depois de deitarmos o António e a Sara pelas nove horas, deixamos o David e a Lúcia a ler na sala mais vinte minutos, o Francisco e a Clarinha a estudar, a ler ou a fazer qualquer outra coisa, e saímos os dois, o Niall e eu, para um curto passeio com os cães. Faz-lhes bem a eles, mas sobretudo faz-nos bem(…)

Ler mais

O II Acampamento de Caná foi assim…

Sexta-feira de madrugada, pelas seis da manhã, o António, de oito anos, abriu a porta do nosso quarto e chegou junto de nós: “Mãe, já posso ir de bicicleta para a quinta do Canto de Caná? Queria ir preparando as minhas coisas para o Acampamento.” De facto, a excitação era tão grande, que não sei como é que ele e os irmãos conseguiram sequer dormir durante a noite. Segundo nos contaram as outras famílias, não foi só na nossa casa esta animação. Há semanas que as crianças de Caná andavam a planear o grande evento do ano, com tanto ou(…)

Ler mais

Acampamento de Caná II

Já várias famílias me contactaram a perguntar: “Então para quando o segundo Acampamento de Caná?” O entusiasmo é enorme. De facto, no verão passado o Acampamento foi um verdadeiro sucesso, e todos estamos ansiosos por repetir a dose… Por isso, aí vai: No último fim-de-semana de julho – sexta-feira dia 27 a domingo dia 29 – aqui na quinta à volta do Canto de Caná teremos o nosso Acampamento de Caná II. Que tal? Preparados? Inscrevam-se aqui, pois as inscrições são limitadas! O Acampamento de Caná é um tempo de convívio e de espiritualidade, ou como nós gostamos de dizer(…)

Ler mais

A praia, os telemóveis e a contemplação

O dia 25 de abril abriu para a nossa família, “oficialmente”, a época balnear. Já foi uma “abertura” tardia para nós, mas as chuvas de março não o permitiram antes. Assim, de manhã preparámos um belo piquenique, e logo nos aventurámos até à praia da Barra. Começámos pela patinagem no paredão, lugar ideal para as brincadeiras sobre rodas. Que alegria! Os pescadores que por ali se entretinham a pescar viravam a cabeça, espantados com a alta velocidade com que oito crianças e jovens deslizavam. Houve até um ciclista que, ultrapassando-os, os informou: “Estão a patinar a 18 Km /h contra(…)

Ler mais

Retiro ou encontro de amigos?

Uma das coisas mais importantes num retiro é a fidelidade a um horário: quem está em retiro não tem “tempos mortos”, pois todos os momentos são peças de um único puzzle. Uma das coisas mais importantes num encontro de amigos é esquecer-se dos horários: os amigos precisam de saber que são escutados sem pressa nem relógio. Podemos então fazer de um dia de retiro um encontro de amigos, e de um encontro de amigos um dia de retiro? Sim, podemos. Não correremos o risco de ganhar um e perder o outro, ou vice-versa? Sim, corremos. Sobretudo se esse encontro de(…)

Ler mais