Em Caná da Galileia…



Pecados contra o Coração Imaculado de Maria

Em Fátima, Nossa Senhora ensinou aos pastorinhos uma pequena oração, para rezarem sempre que fizessem algum sacrifício: Ó Jesus, é por vosso amor, pela conversão dos pecadores e em reparação dos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria. Cá em casa, desde sempre que todos conhecem esta pequena oração, e todos a rezam no seu coração quando oferecem ao Senhor, ao longo do dia, um ou muitos sacrifícios. Mas… O que é isto de pecar contra o Imaculado Coração de Maria? Todos os anos, eu leciono uma ou duas turmas consideradas problemáticas, com alunos carregados de problemas familiares. Já(…)

Ler mais

Consagrados, Deus contente

Em pleno mês de Maria, lembrei-me de partilhar convosco uma palavra que me encheu de felicidade. Trata-se da Mensagem de Akita, no Japão, aprovada pela Igreja, e que aconteceu nos anos setenta do século passado. A recetora desta mensagem foi a Irmã Inês. Por que me lembrei agora desta mensagem? Por causa das palavras que o Anjo disse à Irmã Inês, no dia em que alguns leigos se consagravam na Ordem à qual a Irmã pertencia. Disse-lhe o Anjo: Espalhai a devoção a Nossa Senhora. Ela está contente com a profissão dos membros leigos que hoje se consagraram por seu(…)

Ler mais

Pão do Céu

A Lúcia vai fazer a Primeira Comunhão no próximo domingo, dia 7. Há anos que ela sonha com o dia em que será admitida à mesa de Deus. Com que alegria ela anseia por este alimento de vida eterna! Nestes dias mais próximos, fazemos em casa uma catequese mais intensa de preparação, durante a oração familiar. A Lúcia vai dando saltinhos de pura alegria. Entretanto, Jesus deu-nos uma grande ajuda, nesta nossa preparação. Não sei se já repararam: sexta-feira passada, nas leituras da missa diária, começámos a ler o capítulo seis do Evangelho de S. João, e só concluiremos a(…)

Ler mais

A mãe não vê…

Oração familiar, quarta-feira da semana passada, semana II da Páscoa. Com voz sonora, o Francisco proclamou o Evangelho. E entre várias frases de Jesus, leu as seguintes: Todo aquele que pratica más ações odeia a luz e não se aproxima dela, para que as suas obras não sejam denunciadas. Mas quem pratica a verdade aproxima-se da luz, para que as suas obras sejam manifestas, pois são feitas em Deus. (Jo 3, 20-21) “Que engraçado, pensar nisto!” Disse eu, lembrando-me de repente das minhas aulas. “Nas minhas turmas mais problemáticas, em que os alunos pensam que eu não reparo que estão(…)

Ler mais

Religiosidade popular e Fátima

Há uns dias, ouvi gargalhadas estridentes lá fora, no jardim. Depois percebi que se misturavam com o som repetitivo da Ave-Maria, e decidi ir espreitar. Encontrei a Lúcia, de oito anos, a percorrer, de joelhos – bem protegidos com as joelheiras da ginástica da Clarinha – o caminho branco que rodeia a nossa casa. De pé a seu lado, com o terço na mão, o António, de sete anos, orientava a oração dos dois. Pelo meio, muita animação. “Que estão a fazer?” Perguntei. “Estamos a brincar a Fátima”, responderam-me. “Imitamos as pessoas de Fátima, que descem de joelhos até à(…)

Ler mais