Em Caná da Galileia…

Eu sou do meu Amado

Neste tempo de esponsais, em que nós, Famílias de Caná, celebramos o dom do amor de Jesus, debruçado sobre a nossa miséria para nos elevar às alturas do Céu, Maria Madalena surge luminosa como alguém que soube amar, e amar até ao fim. A primeira leitura da sua Festa vem do belíssimo Livro do Cântico dos Cânticos, livro também proposto este mês às Famílias de Caná para sua meditação mensal. E diz assim: Eis o que diz a esposa: «No meu descanso, durante a noite, procurei aquele que o meu coração ama; procurei-o, mas não pude encontrá-lo. Levantar-me-ei e percorrerei(…)

Ler mais

Santa Maria Madalena

Dia 22 de julho é dia de Santa Maria Madalena. Pela primeira vez na História, esta memória obrigatória passa a ser celebrada como Festa, e Maria Madalena é-nos proposta como Apóstola dos Apóstolos. Que dia memorável! Que grande honra para todos nós, simples cristãos, e especialmente para nós, mulheres cristãs! Quem foi Maria Madalena? A pergunta ecoa pela História, e tanto os Evangelhos Apócrifos como os romancistas modernos fizeram e continuam a fazer toda a espécie de conjeturas. Terá sido a pecadora que, em casa do fariseu Simão, lavou os pés de Jesus com as suas lágrimas? Terá sido Maria,(…)

Ler mais

As barras assimétricas da vida cristã

Nos treinos de ginástica artística, a Clarinha está a iniciar-se nas barras assimétricas. A piscina de esponjas em baixo, as barras por sobre a sua cabeça, o medo e a vertigem a espreitar, a respiração ofegante, o professor a encorajar… Com um salto elegante, a Clarinha agarra a primeira barra, rodopia sobre ela, e de um só fôlego, volta a largá-la para se lançar para a segunda, que agarra com firmeza. De vez em quando, cai desamparada na piscina de esponjas, para logo se lançar de novo no ar. «É uma sensação tão boa, mãe! Parece que voo!» Diz-me ela,(…)

Ler mais

Não passeis adiante

A primeira leitura da missa de hoje, domingo XVI do Tempo Comum, é uma das minhas passagens preferidas da vida de Abraão. Quantos ensinamentos neste curto episódio do nosso pai na fé! Encontramo-la em Gen 18, 1-10. Abraão estava sentado à entrada da sua tenda, no maior calor do dia… Ontem, a nossa família foi ao Ribatejo visitar a família Batista, que vive numa pequenina aldeia no meio de uma imensa planície, onde os campos de arroz se estendem até ao horizonte, os touros passeiam nos campos e as cegonhas fazem ninhos mesmo diante dos nossos olhos. O dia não(…)

Ler mais

Petição por um Referendo sobre Gestação de Substituição

Quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor. (Rm 14, 8) Nós, católicos, acreditamos profundamente que a vida e a morte pertencem a Deus, e só a Deus. Nenhum de nós pode dar a vida a si mesmo – ela é sempre recebida de outrem – e por isso, nenhum de nós pode criar as leis da vida, antes as recebe em herança d’Aquele que as criou. Cabe portanto a Deus, e não às suas criaturas, alterá-las, se assim o entender. Não vamos aqui no site debater os temas fraturantes que têm marcado o debate político, do aborto à eutanásia, da(…)

Ler mais