Em Caná da Galileia…


Mais uma novidade: o podcast

Queridos amigos Na alegria de Jesus ressuscitado, tenho o enorme prazer de partilhar convosco o podcast que acabo de lançar: Eu e a minha família serviremos o Senhor! Está disponível no spotify e noutros streamings conhecidos. A Clarinha fez e executou a melodia que introduz o podcast, o Francisco compôs a capa. A nossa intenção era criar um podcast atraente, com tons de ressurreição e alegria, sem a solenidade pesada que às vezes impede a mensagem católica de chegar mais longe. E estou certa de que conseguimos, pelo prazer que nos deu este trabalho! Só queria que tivessem visto as(…)

Ler mais

Novidades: S. José, o Sonhador

Queridos amigos Neste ano de S. José, acabo de publicar um pequeno livro para nos acompanhar a rezar e a meditar sobre a vida do pai de Jesus. É um livro muito especial, porque vos permitirá caminhar durante nove dias, em jeito de novena, com uma Palavra pela manhã, uma proposta de prática e vida para todo o dia, e uma oração pela noite. Espero que vos ajude tanto a meditação deste livrinho como me ajudou a mim a escrevê-lo! Comprem-no nas livrarias católicas ou online (deixo aqui o link), e depois de fazerem o caminho de S. José proposto,(…)

Ler mais

Feliz Natal!

Última reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga FELIZ NATAL! “Hoje nasceu o nosso salvador, Jesus Cristo, Senhor.” É Natal! “O povo que andava nas trevas viu uma grande luz”, profetiza Isaías, oito séculos antes do Natal, estendendo o olhar para lá do exílio babilónico, para lá de qualquer exílio, de qualquer guerra, de qualquer crise, de qualquer pandemia. “Para aqueles que habitavam nas sombras da morte, uma luz começou a brilhar.” É, por isso, a meio da noite que celebramos o Natal, essa explosão de luz(…)

Ler mais

Domingo IV do Advento, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga TOMA O MEU NADA, DÁ-ME O TEU TUDO! O Natal está aí. Não desperdicemos o tempo em corridas aos centros comerciais, ou em horas esquecidas diante do computador, da televisão ou ao telemóvel; mas aproveitando a deixa da pandemia, permaneçamos em casa, em serena expetativa. Porque é essa também a deixa do Evangelho, e é dentro de casa que o Senhor nos quer hoje encontrar: “Quando David já morava em sua casa…” “Tendo entrado onde ela estava…” O Natal apela(…)

Ler mais

Domingo III do Advento, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga O SENHOR ESTÁ PRÓXIMO E O NOSSO CORAÇÃO REJUBILA Domingo da alegria! O Senhor está próximo e o nosso coração rejubila. “No meio de vós está Alguém que não conheceis”, dizia João Batista aos fariseus. A expetativa era enorme: o que estaria João a querer dizer? Que surpresas esperavam o povo? O que estaria Deus a preparar nos bastidores? A insinuação de que o Messias já por ali andava era particularmente emocionante. Terá algum fariseu olhado em volta, procurando identificar(…)

Ler mais

Domingo II do Advento, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga CONSOLEMOS E DEIXEMO-NOS CONSOLAR! “Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus. Falai ao coração de Jerusalém!” Consolemos e deixemo-nos consolar! Falemos ao Coração de Deus e deixemos que Deus nos fale ao coração. Isaías e João Batista são profetas do Advento. Vieram para preparar a Presença na ausência, o caminho através do deserto, o dia durante a noite. “Preparai!” É o trabalho silencioso da gravidez que avança, o bebé que cresce, escondido, preparando-se para o Natal. Parece que(…)

Ler mais

Domingo I do Advento, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga COM HORA OU SEM HORA, ELE VEM! Celebramos hoje o início do novo ano litúrgico. Haja festa em nossas casas! Se Mateus nos acompanhou durante o ano A, neste ano B teremos a companhia de Marcos, que registou sobretudo o que ouviu da boca de Pedro, de quem era discípulo. Que privilégio o nosso e o dele, descobrir Jesus através da memória e do coração de Pedro! Quatro curtas semanas para preparar o Natal. Estamos atentos aos sinais dos tempos?(…)

Ler mais

Cristo Rei do Universo, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga O EVANGELHO COMEÇA EM CASA Começámos o ano litúrgico preparando o Natal, o mistério sublime em que Deus veio habitar entre nós. E num crescendo de fé, esperança e amor, terminamos agora celebrando Cristo Rei, “o fim, quando Cristo entregar o reino a Deus Seu Pai” e habitarmos “na casa do Senhor para todo o sempre”. Como celebrar a certeza de que Cristo porá “todos os inimigos debaixo dos seus pés”, nos dias de hoje? E, no entanto, Ele triunfará:(…)

Ler mais

Domingo XXXIII do Tempo Comum, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga ARRISQUEMOS! “Vem tomar parte na alegria do teu senhor!” O ano litúrgico está a terminar. São horas de contemplar a eternidade, onde viveremos felizes para sempre. Não é a promessa de um conto de fadas, mas a Palavra do Senhor. Ámen! “Um homem, ao partir de viagem, chamou os seus servos e confiou-lhes os seus bens.” Quem é este homem, quem são estes servos, e de que viagem se trata? Pensamos em Deus Pai que, ao criar-nos, nos dotou de(…)

Ler mais

Domingo XXXII do Tempo Comum, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicadas no jornal diocesano Correio do Vouga ESTAMOS PREPARADOS? Aproximamo-nos do fim do ano litúrgico. Com cada vez maior urgência, a Igreja aponta para o Céu. Não deixemos escapar esta oportunidade anual de falarmos sobre o Céu, de desejarmos o Céu, de sonharmos com o Céu. “O Reino dos Céus pode comparar-se a dez virgens que, tomando as suas lâmpadas, foram ao encontro do esposo.” A imagem é de alegria esfusiante: o Reino dos Céus é uma festa nupcial. Não havia, em Israel, festa mais bela. O(…)

Ler mais