Em Caná da Galileia…


Domingo XXX do Tempo Comum, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga NÓS COMPLICAMOS TUDO! Amar a Deus e ao próximo: “Nestes dois mandamentos se resumem toda a Lei e os Profetas.” Nós complicamos tanto tudo! “Ama, e faz o que quiseres”, dizia Santo Agostinho… Quando o Papa Francisco publicou a encíclica “Fratelli Tutti”, houve muita alegria entre crentes e não crentes, mas também, infelizmente, muitas vozes de crítica que se levantaram entre católicos.  Enquanto uns perguntavam – imagine-se! – como podemos chamar irmãos aos não batizados, outros questionavam se não havia,(…)

Ler mais

Domingo XXIX do Tempo Comum, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga LIBERDADE E CONFIANÇA Dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus, eis a máxima do Senhor para vivermos na liberdade e confiança dos filhos de Deus. O povo judeu, exilado na Babilónia, viu a sua sorte mudar no dia em que Ciro foi ungido rei dos persas e medos, pôs fim ao império babilónico e deixou os estrangeiros regressar a casa. A tão aguardada libertação tornou-se possível, não através de um novo(…)

Ler mais

Domingo XXVIII do Tempo Comum, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga O BANQUETE ESTÁ PREPARADO Domingo. O banquete está preparado, a festa está pronta. É hoje! Vinde às Bodas! Desde o início da História Sagrada, que o amor de Deus se exprimiu e celebrou através de refeições festivas. Na verdade, partilhar uma refeição com aqueles que nos são próximos ou queridos é, em qualquer cultura e em qualquer tempo histórico, um sinal de amor e predileção. Assim, a imagem de um banquete divino, consumado sobre o monte do Templo, acompanhou os(…)

Ler mais

Domingo XXVII do Tempo Comum, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga VINHAS, VINHATEIROS E VINDIMAS Este domingo, o Senhor vai declarar-nos o Seu amor num dos mais belos cânticos de amor de toda a Bíblia: o cântico da vinha. Escutemos com emoção desperta, deixemos as palavras cair no nosso coração como em terra fértil, convertamo-nos. Amor só com amor se paga. “Vou cantar, em nome do meu amigo”, começa Isaías. Ser amigo do Senhor, que privilégio o do profeta – e que privilégio o nosso! “O meu amigo possuía uma vinha…”(…)

Ler mais

Domingo XXVI do Tempo Comum, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga O SIM E O NÃO O que significa dizer “sim” a Deus? Hoje, a Palavra irá centrar-nos na honestidade das nossas palavras e atos, que tantas vezes estão em contradição. Lembrai-Vos, Senhor, da vossa misericórdia! O profeta Ezequiel fala ao povo de Deus no tempo do exílio babilónico. E hoje, fala-nos em plena pandemia e em plena crise. “A maneira de proceder do Senhor não é justa”, dizia o povo, dizemos nós. Quem nunca se zangou com Deus? Quem nunca(…)

Ler mais