Testemunhos


Da Renascença ao Santuário de Mogofores

Testemunho do Rogério Ribeiro: Uma noite já deitado na cama ouvia a emissão da rádio renascença, quando ouço falar pela primeira vez do movimento das Famílias de Caná. A curiosidade foi tanta que logo comecei a acompanhar tudo o que a Teresa ia escrevendo no blogue e ao qual me mantenho fiel até hoje. O que, sem dúvida, mais me chamou a atenção foi a coerência com que a família Power vivia e vive a sua fé. A coerência naquilo que dizem e que fazem e, assim, o seu testemunho de vida cristã se torna credível e atraente. Depois veio(…)

Ler mais

Missas aqui, ali e além

Testemunho de Olívia Batista Com a chegada dos dias grandes, do bom tempo, de alguns feriados e das férias escolares e laborais, as famílias gostam de passear, de visitar familiares e amigos nos locais onde vivem. Muitas vezes, estes passeios coincidem com fins de semana ou dias santos e a questão de onde ir à missa e a que horas costumava dar-me que pensar. Muitas das vezes tentei pesquisar no google, mas não encontrava informação suficiente ou o que encontrava estava desactualizado… Até que descobri uma aplicação gratuita (ah pois é!) para telemóvel, onde milhares de católicos podem ter acesso(…)

Ler mais

Sentir o sopro

Testemunho da família Miranda Santos: O Espírito Santo é realmente o rei da diversidade! Para além da panóplia de dons e frutos que nos concede, e que todos ficámos a saber bem ao recordá-los repetidamente nos últimos nove dias ao rezar a novena do Pentecostes, também se manifesta simbolicamente de diferentes formas, conforme nos diz a Bíblia, como uma pomba, como o fogo ou como um sopro. Na oração familiar de vigília do Pentecostes o fogo teve de ser controlado dentro de casa, com todas as velas que conseguimos encontrar, porque o vento não nos permitiu fazê-lo no exterior, ao(…)

Ler mais

990* centímetros cúbicos de Sabedoria

Testemunho da Olívia Batista: Quase, quase a terminar este tempo da Páscoa, queria partilhar convosco uma pequena mudança na nossa oração familiar, que tem vindo a ser constantemente adaptada desde o início da nossa caminhada das Famílias de Caná. No início rezávamos um Pai Nosso, uma Avé Maria e um “boa noite Pai do Céu”, depois começámos a consagrar-nos à Mãe de Caná (de folha na mão, para rezar bem), mais tarde introduzimos o pedido de intercessão aos Santos Padroeiros (escolhidos por cada um de nós), os agradecimentos do dia e o Shemá. Muito mais tarde, um mistério do Rosário,(…)

Ler mais

Sem que eu perceba como…

Testemunho da Catarina Silva: Muitos Parabéns Querida Teresa! Que Deus a abençoe! Que Deus abençoe a sua linda família! Pensei muito se havia de lhe enviar este mail, aceitando assim o desafio da Isabel. Decidi fazê-lo, porque apesar de não ter feito o compromisso, desde que conheci o vosso testemunho familiar a minha vivência cristã mudou por completo. O facto de sentir que a condição da minha família é bastante diferente da generalidade das Famílias de Caná, faz-me muitas vezes sentir que é impossível “transformar” a minha família numa verdadeira Família de Caná e isso por vezes deixa-me muito triste…(…)

Ler mais