Em Caná da Galileia...


E o Verbo fez-Se Carne…

… e habitou nas nossas famílias!

Passámos o Advento a procurar fazer espaço para Ele, nas Famílias de Caná. Será que conseguimos?

Nós, Jesus! Rezamos, procurando tomar consciência de que Ele está entre nós e habita em nossa casa. Vejam como a família Miranda Santos O acolheu:

Nós, Jesus! Rezamos, procurando fazer espaço para o que vive em nossa casa, o filho, o pai, o irmão, o esposo. Porque como diz Fulton Sheen,

todo o amor tende a uma encarnação, até o de Deus. No mistério da Encarnação, o Verbo fez-Se Carne e habitou entre nós; na família, o nosso amor fez-se carne e habita entre nós. (Three to Get Married)

Na casa da família Almeida, ninguém teve dúvidas de que o Menino Jesus chegara:

Também em nossa casa, o Menino veio encher de alegria estes dias. Brincámos com Ele na praia, brincámos com Ele na família alargada que, nesta época, se reúne com mais frequência, brincámos com Ele na pista de gelo da nossa terra que, nesse dia e àquela hora, parecia reservada exclusivamente para a Família Power. É tão bom, quando em tempo de férias escolares, o Menino nos ensina a fazer espaço para a brincadeira familiar!

Neste Menino que está ao mesmo tempo no Céu e na Terra, todos os nossos meninos se encontram:

E se alguns encontros só serão completos na eternidade, outros acontecem já aqui, enchendo de plena alegria a vida familiar. Quando a Clarinha regressou – nas nuvens – do encontro europeu de Taizé na Polónia, todos nos reunimos à sua volta para a escutar. Mas houve um de nós que não a largou nem para ela poder pousar as malas descansada: ao seu colo, beijou-a à sua maneira, acarinhou-lhe os cabelos, comeu-lhe o nariz e os olhos, riu à gargalhada no seu pescoço. Adivinhem quem?

Quanto a mim, graças à bela coincidência de o Niall também ter tido férias e, assim, ter podido partilhar comigo o cuidado da casa e dos filhos, tive ocasião para me dedicar um bocadinho mais à escrita. Sei que não deram conta disso aqui no site, mas nem tudo o que escrevo vem aqui parar. Geralmente, quando o site fica demasiado calmo por estes lados, queiram desculpar, pois é por uma boa razão 🙂

Já leram o Ensinamento Mensal? 

A Olívia sugeriu começarmos o ano alterando, não a realidade à nossa volta, mas a nossa forma de a percecionarmos. A beleza, diz um ditado antigo, está nos olhos de quem a vê. E se começarmos o ano com esta certeza: o Verbo fez-Se Carne e habita, realmente, entre nós? E se decidirmos ver Jesus em quem partilha a vida connosco?

Iremos refletir sobre este ensinamento e este imenso mistério da nossa fé no próximo retiro que faremos aqui, em Mogofores, domingo dia 12 de janeiro. As inscrições estão abertas em Eventos! Venham.

Venham se nos quiserem conhecer, venham se quiserem conhecer o Movimento, venham se quiserem aprofundar a vossa vocação de pertença às Famílias de Caná (foi especialmente para podermos aprofundar a nossa vocação que estes retiros surgiram com esta regularidade, e em cada um deles, descobrimos mais um pouco da nossa identidade).

Venham ainda se quiserem fazer uma experiência de Deus em família – porque se viermos em família, poderemos pôr em prática ali e então, de imediato, o que tivermos escutado no ensinamento. Digam lá se não é uma boa ideia?

Venham, porque é bom vir, rezar, adorar, confessarmo-nos, brincar, partilhar.

Ele fez-Se Carne, e habitou entre nós…

 

 

One Comment

  1. Verdade Teresa…o Verbo fez-se carne e habita em nós…entre nós! 😉😊

    Nós iremos…porque é realmente (muito) bom ir! 🙋

    Não há nada como o ar fresco de Mogofores em Janeiro 😂 acho que todos devíamos descobrir essa maravilha! Eheh
    Vamos?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *