Em Caná da Galileia...


Emaús – rezem e cantem connosco!

Leram o Evangelho da missa de ontem? E já espreitaram o Evangelho do terceiro domingo de Páscoa? Emaús!

Pensávamos que caminhávamos sós, nesta longa estrada da vida… E eis que Ele se põe a caminho connosco. Devagarinho, vai-nos abrindo as Escrituras, e o nosso coração arde enquanto O descobrimos no Génesis, no Êxodo, no Levítico, nos Profetas, nos Salmos, no Cântico dos Cânticos, nas histórias de guerra e nas histórias de amor, nas canções e nas lendas, nas cartas e narrativas. Por fim, abrimos-lhe a porta da nossa casa e do nosso coração, e Ele entra, e senta-Se connosco à mesa. E é então que, ao partir do Pão, O reconhecemos. Ele está vivo, e nós com Ele!

Nos dias tristonhos da Páscoa de 2020, quando ainda estávamos fechados em casa, escrevi um cântico para celebrar Emaús. Na verdade, Jesus passava à nossa porta, e eu não queria que passasse em vão, que passasse à frente, sem parar. Não queria perder a oportunidade de Lhe abrir a porta e de cear com Ele e Ele comigo, connosco! Foi assim que, na nossa oração familiar, começámos a cantar Emaús. Depois, quando a pandemia o permitiu, levámos o cântico para a missa, para os encontros das Famílias de Caná, e deixámos que entrasse em vossas casas também, através da gravação que a Clarinha fez e publicou aqui no site.

No próximo terceiro domingo de Páscoa, iremos cantá-lo aqui na nossa paróquia de Idanha-a-Nova. A nossa querida maestrina, a Carla Perquilhas, fez a pauta do cântico, que já incluímos aqui no site, para que ninguém fique sem a possibilidade de o aprender, estudar, cantar, meditar e divulgar.

Aí desse lado, não há também dirigentes de coros dominicais, cantores, catequistas, que possam divulgar o cântico pelas paróquias? Se este cântico vos ajudar a contemplar o mistério de Emaús, não hesitem: levem-no convosco! E se no terceiro domingo de Páscoa o cantarem por esse país fora, mandem notícias, que iremos ficar muito felizes!

Aqui fica o link para o cântico, a pauta e os acordes de guitarra:

Letra/acordes

Pauta

 

 

3 Comments

  1. Judite Ribeirao

    Que bonito Clarinha! Já tenho saudades vossas nas missas em Mogofores. Um bom fim de semana com Deus no coração.

  2. Que cântico lindo! A voz da Clarinha tão doce e melodiosa.

  3. António Silveira Catana

    Que maravilha de cântico! Que voz tão maviosa, emissora de paz!
    Que saudades dos ensaios e de participação no coro nas Eucaristias dominicais!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *