Em Caná da Galileia...


O dia da Grande Sede

Sexta-feira Santa. Dia da Grande Sede de Jesus.

Tenho sede! (Jo 19, 28)

Pois se nós temos fome, uma imensa fome, Jesus morreu de sede. Sede do nosso amor.

Pouco depois da uma da tarde, fizemos a Via Sacra, seguida da celebração da Palavra, onde lemos o Evangelho da Paixão  que, na Sexta-feira Santa, é sempre a partir de S. João, o discípulo amado. A leitura terminou ao mesmo tempo que a chuva começou a cair com força lá fora, e em silêncio, ajoelhámos. Parecia-nos estar ali, junto à Cruz, no desconforto do frio e da chuva daquela tarde santa…

Fizemos em seguida a oração universal – a maior do ano inteiro, e os meninos lembravam-se bem dela, pois quem esquece a longa oração universal de Sexta-feira Santa? – e iniciámos a Novena da Divina Misericórdia. Eram três horas em ponto quando concluímos este longo tempo de oração – “mas pareceram só alguns minutos, mamã!” – exclamou o António, sincero.

No silêncio que, espontaneamente, fazíamos, depois de tão longa meditação, o António e a Sara sentaram-se à mesa com papel e lápis. Depois vieram ter comigo e mostraram-me as orações que acabavam de escrever. Aqui ficam também:

Meu Deus, pelo Teu amor infinito, eu tento ser bom como Tu mas nada se compara. A Tua maneira de morrer foi muito dolorosa só para nossa salvação e ressuscitaste ao terceiro dia. Eu peço-Te que me ajudes a ser santo e aceitar o que custar. Obedecer e não pecar. Ámen. (António, 10 anos)

 

Ó bom Jesus, vem ao meu coração, eu sei que Tu consegues! Queria pedir-te pelo fim da pandemia, porque há muita gente a morrer. Ouvi que um soldado atravessou o Teu Coração com uma lança e começou a escorrer do teu Corpo Sangue e Água. Jesus, ainda estou a pensar nisso! Tu és o meu Rei, e eu adoro ter-Te como meu Rei! Ámen. (Sara, 7 anos)

 

Sangue e Água jorrando em abundância. Já cantaram com a Natércia?

Ele morreu de sede para que nós tivéssemos sempre uma fonte onde beber: o Seu Coração aberto.

Adoremos…

3 Comments

  1. Gostei especialmente da oração da Sara: simples e direta!😅
    Também cantámos o cântico e como aqui as Igrejas estão abertas, apesar de não haver Eucaristias, fomos fazer a Adoração da Santa Cruz. Nós Vos adoramos e bendizemos, ó Jesus, que remistes o mundo pela Vossa Santa Cruz!✝️

  2. Joana Patinha

    Não têm sido dias fáceis, por tudo o que nos rodeia e pelo que nos vemos privados. O encontro real com Cristo no sacramento, faz-nos muita falta! Mas ao ver-vos e também pelo que se tem vivido aqui em casa, tenho a certeza do grande conforto que o Senhor nos dá em todos os momentos. Aqui intensificámos a oração, os cânticos, rezámos em família a via sacra, representámo-la em família para o grupo do sayes que acompanhamos (via Zoom, Instagram e outras modernices). Ontem celebrámos o lava pés em família e cozinhámos pão ázimo. Hoje celebrámos a exaltação da Santa Cruz, envolvemos o Jesus num “sudário” e estamos neste momento a construir um túmulo em lego para Ele repousar até às grande festa da Páscoa que já estamos a preparar. Estamos unidos em oração, agora buscando o silêncio no meio do ruído de brincadeiras, entre corridas de Catboy por toda a casa e “celebração da eucaristia” na cozinha. Amanhã laudes e vigília (via Zoom, novamente)… Aguardamos que o Senhor venha ao nosso encontro e rezamos em especial por todas as famílias neste Triduo tão familiar para toda a Igreja.

  3. Gostei das orações do António e da Sara. Tanta beleza naquelas palavras!
    E que bela a conclusão a de que Jesus morreu de sede do nosso amor! Faz tanto sentido diante de tudo o que sabemos sobre o Sagrado Coração de Jesus! Há uns tempos, numa conversa sobre por que morreu Jesus, foram dadas tantas hipóteses, mas essa não, e parece a mais certa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *