Em Caná da Galileia...


Se HOJE ouvirdes a voz do Senhor…

Se hoje ouvirdes a voz do Senhor, não fecheis os vossos corações! (Sl 94/95)

Assim cantava o salmo num destes últimos dias. Será que ouvimos, hoje, a voz do Senhor? E será que a deixamos cair no nosso coração aberto?

Todos os dias, a Igreja oferece aos seus filhos a Palavra das Escrituras, repartida pelas três leituras da missa diária e pelas várias Horas celebradas na Liturgia das Horas. As Famílias de Caná acreditam que é muito importante conhecer e meditar nesta Palavra diária.

Claro que podemos e devemos, em cada dia, ler o que quisermos da Bíblia, seja através dos maravilhosos cartões bíblicos que a Olívia vai disponibilizando na Arca do Tesouro e que podemos trazer na carteira, no carro ou no bolso, seja através de um Plano de Leitura Bíblico, seja simplesmente porque queremos abrir a Bíblia e ler. Tudo isso é bom, muito bom.

Mas as leituras que a Igreja propõe em cada dia têm um valor diferente: elas são proclamadas, ao longo de todo o dia, em todas as igrejas do mundo. E as leituras da missa diária são oferecidas durante o sacrifício da missa, trazendo em si, de forma muito especial, a assinatura de Jesus escrita a sangue. Quando eu leio as leituras da missa diária, eu estou a unir-me espiritualmente aos crentes do mundo inteiro, vivam eles na China, no Brasil, na Escandinávia ou em Itália. E estou a unir-me espiritualmente às Eucaristias celebradas ao longo de todo o dia, em qualquer parte do mundo, onde a Palavra é servida à mesa como preparação para o Pão e o Vinho.

Assim, quando leio as leituras da missa diária, eu sou mais do que eu: sou a Igreja; e a Palavra é mais do que Palavra: é Salvação. Se a Palavra de Deus é sempre, sempre viva e eficaz, quanto mais a Palavra de Deus proclamada na Eucaristia?

“Mas, Teresa, eu não consigo encontrar a Palavra de cada dia. Tenho dificuldade em manusear o missal, e não conheço o calendário litúrgico.” Tenho recebido imensos e-mails neste sentido. E com razão! Porque se, como acabei de referir, a Palavra de cada dia é proclamada ao mesmo tempo em todas as Igrejas do mundo, também é verdade que em algumas ocasiões, ela é proclamada em dias diferentes em diferentes países, causando alguma confusão em quem procura seguir o calendário litúrgico.

O Dia de Reis, por exemplo: quem gosta de ler o site do vaticano, como eu, apercebeu-se que no Estado do Vaticano, o Santo Padre celebrou missa de Reis no dia 6, e a Festa do Batismo do Senhor no domingo dia 8. Assim também em Espanha e noutros países do mundo que mantêm o feriado e o dia santo de guarda. Ora em Portugal, em Itália e noutros países, o Dia de Reis foi dia 8, e a Festa do Batismo do Senhor foi transferida para segunda-feira dia 9. Porquê? Simplesmente porque o feriado do dia 6 há muito que nos foi tirado, tendo a Igreja transferido a celebração do Dia de Reis para o domingo seguinte, a fim de permitir a todos guardar o dia santo. Dia 6 não foi, em Portugal, dia de Reis!

Algo semelhante aconteceu com a Festa da Sagrada Família. Várias Famílias de Caná escreveram-me a perguntar se este ano não se celebrava esta festa. Sim, celebrou-se, mas não no domingo imediatamente a seguir ao Natal, pois esse domingo, este ano, foi dia 1, e o dia 1 é sempre a Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, mesmo quando coincide com um domingo. As solenidades de Nossa Senhora que ocorrem ao domingo têm sempre prioridade! A Festa da Sagrada Família foi antecipada para a sexta-feira anterior, em toda a Igreja, como sempre acontece quando o Natal, festa móvel, é celebrado ao domingo. É pena que muitos, por dificuldade em conhecer o calendário, não a tenham celebrado.

Tudo isto é um bocadinho confuso, eu sei, e quantas vezes me engano também!

Assim, para facilitar o acesso à Palavra de cada dia, decidimos colocar aqui no site uma ligação para o Secretariado Nacional de Liturgia. Que seja, para todos nós, ocasião de oração e meditação a partir da Palavra! Ámen.

3 Comments

  1. Amigona ☺😊😙

    Teresa finalmente reencontre-te!😊vê lá se adivinhas quem eu sou amigona! A minha amiga Madalena com quem dou catequese é que me falou do teu blog, o mundo é mesmo pequeno demais um xi

    • Nem quero acreditar!!!!! Pensei que nunca mais te iria encontrar… Que estavas triste comigo! Tanta vez que penso em ti, querida amiga! Um abraço do tamanho do mundo! E sim, vamos pensar em ir aí um dia! Bjs a todos!

  2. Também existe a aplicação “ibreviary” que é sempre útil e tem lá tudo, leituras diárias e das horas. Tem dias em que dá erro infelizmente, mas é muito boa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *