Em retiro, do Natal para o Tempo Comum das nossas vidas

Ontem foi o nosso retiro Famílias de Caná. Estiveram aqui connosco dez famílias, no meio de muita alegria e com um sol lindo. Havia crianças em carrinhos, crianças ao colo, crianças a brincar e crianças escondidas nos ventres de suas mães, casais, mães que vieram (ainda) sem a companhia dos maridos, enfim, uma grande variedade de pessoas, todos prontos para celebrar a presença de Deus-Connosco. Não sei se foi o sol, se a alegria, que nos fez a todos sentir bem quentinhos e confortáveis, apesar dos zero graus que marcavam os termómetros no final da missa! Bolas, patins e trotinetes(…)

Ler mais

À chuva, ao encontro do Esposo!

O retiro de domingo foi maravilhoso. Mesmo. Deus é grande, e nunca Se deixa vencer em generosidade! Tivemos dez famílias, cheias de energia e muita alegria para partilhar. Começámos por invadir o santuário para a missa dominical. E que bom que é, começar o dia à volta do altar! A homilia do senhor padre Zé Fernandes foi muito forte, muito marcante, muito incómoda – mesmo ao jeito de Jesus. Obrigada, senhor padre! Depois da missa, tempo para café, bolinhos e alguns jogos divertidos em grande grupo. “Vamos fazer outra vez o jogo do patinho!” Pediam pequenos e grandes. Sim, fazemos!(…)

Ler mais

Deus por entre as tendas

Os Acampamentos de Caná são férias, mas férias com Deus pelo meio. Estamos acampados um pouco ao jeito do povo de Israel no deserto: por entre as nossas tendas, caminha o Senhor, qual coluna de nuvem ou de fogo. E como o povo de Israel, também nós temos no centro do acampamento a “Tenda da Reunião”, o Canto de Caná, a que os mais pequeninos chamavam “aquela cabana de madeira”. Foi pois em ritmo bem marcado de oração que vivemos estes dias. No centro, a missa diária. E que missa! Crianças, bebés, adolescentes, pais e mães, famílias completas diante do(…)

Ler mais

Domingo XV do Tempo Comum, ano C

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga A PALAVRA ESTÁ PERTO DE TI As leituras de hoje são um belíssimo resumo de toda a História da Salvação – a salvação de cada um de nós, e a salvação de cada irmão, que Deus quer realizar através de cada um de nós. “Escutarás a voz do Senhor teu Deus”, diz-nos Moisés. Somos tentados a reagir: para ti, Moisés, era tão fácil! Tu falavas com o Senhor “face a face”, e o teu rosto inteiro se iluminava na sua(…)

Ler mais

A Divina Misericórdia escondida

Pela sua profissão, o Niall viaja muito. Na semana passada, o trabalho levou-o a Vilnius, na Lituânia. Quem conhece a mensagem da Divina Misericórdia e a vida de Santa Faustina sabe que Vilnius está intimamente ligada às visões que Santa Faustina teve de Jesus Misericordioso. Foi em Vilnius que Jesus lhe pediu que pintasse a sua imagem, de Coração trespassado jorrando água e sangue. E foi um artista de Vilnius que pintou esta mesma imagem, sob a orientação de Santa Faustina. A imagem original, ligeiramente restaurada, encontra-se desde o ano 2004 para veneração na Capela da Divina Misericórdia, no centro(…)

Ler mais