Como? Adiem-se os sacramentos?

Das muitas notícias que nos chegaram sobre o estilo sacerdotal do Papa Francisco, no início do seu pontificado, foi a forma como costumava passar os meses de verão: em vez das merecidas férias, o padre Bergoglio passava o verão nos bairros sociais da sua terra, casando e batizando os que nunca tinham tido oportunidade de celebrar estes sacramentos. Que a ninguém se neguem os sacramentos essenciais, dizia. Já Papa, deu inúmeros sinais da importância que, para ele como para a Igreja, têm os sacramentos, repetindo e tornando a repetir que a Igreja não é nenhuma alfândega a dificultar o seu(…)

Ler mais

Domingo IV da Quaresma, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga HÁ QUEM PREFIRA CONTINUAR CEGO A Quaresma é uma caminhada catecumenal, em que somos chamados a fazer memória do nosso batismo e a dar graças por ele. Se no domingo passado meditámos no símbolo da água, hoje perscrutamos o mistério da luz. “Enche a âmbula de óleo e parte. Vou enviar-te a Jessé de Belém, pois escolhi um rei entre os seus filhos.” Assim falou Deus a Samuel. Que bela, a expressão: enche a âmbula de óleo… Não creio que(…)

Ler mais

A vela e Luz

testemunho da Olívia   A partilha frequente de textos nesta página alimenta uma fome que talvez muitos de nós (pais de família e esposos) sentimos. A fome de querermos sempre caminhar com Jesus para o Pai a um ritmo próprio de quem caminha em caravana familiar. E textos tão belos e profundos como este não se esgotam ao fim da leitura, mas deixam-me sempre a pensar. Gostaria de partilhar aqui uma ideia muito bonita que o nosso pároco usou numa homilia. Disse-nos ele que a nossa vida se pode comparar a uma vela, existem grandes, pequenas, mais ou menos claras,(…)

Ler mais

Em retiro, do Natal para o Tempo Comum das nossas vidas

Ontem foi o nosso retiro Famílias de Caná. Estiveram aqui connosco dez famílias, no meio de muita alegria e com um sol lindo. Havia crianças em carrinhos, crianças ao colo, crianças a brincar e crianças escondidas nos ventres de suas mães, casais, mães que vieram (ainda) sem a companhia dos maridos, enfim, uma grande variedade de pessoas, todos prontos para celebrar a presença de Deus-Connosco. Não sei se foi o sol, se a alegria, que nos fez a todos sentir bem quentinhos e confortáveis, apesar dos zero graus que marcavam os termómetros no final da missa! Bolas, patins e trotinetes(…)

Ler mais

Batismo do Senhor, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga A HUMILDADE DE JESUS NO JORDÃO Hoje celebramos a festa do Batismo de Jesus, que encerra o Tempo do Natal e nos lança no Tempo Comum. Não é assim também connosco? Pelo batismo, conclui-se o nosso “natal” – especialmente se o batismo for o mais próximo possível do nascimento, como aconselha a Igreja – e somos lançados no “tempo comum” da vida, a caminho do Céu. “Naquele tempo, Jesus chegou da Galileia e veio ter com João Batista ao Jordão”.(…)

Ler mais