Dos ramos às raízes: um ADeus e um recomeço

Há um ano, a Natércia e o Martinho faziam aqui connosco o seu compromisso Famílias de Caná, durante a Eucaristia diária, e depois de rezarmos juntos longamente no Cantinho de Caná. Recordo as palavras divertidas do senhor padre que presidiu à Eucaristia, e que teve, assim, a surpresa de ouvir os dois a ler com voz firme o texto do nosso compromisso (texto disponível aqui no site). “Ena, tanta coisa!” Dizia ele, falando a sério a brincar. “Não acham que bastava algo mais simples? Isso é um programa completo de vida!” A Natércia tinha a resposta pronta: “É um compromisso(…)

Ler mais

Mais uma bela Família de Caná!

A nossa missão na Suíça, em Zurique, há ano e meio, já deu frutos: no sábado, na missa vespertina, tivemos o compromisso Família de Caná da Natércia e do Martinho, os queridos amigos que conhecemos na altura. Que dia tão bonito! De férias em Portugal, a Natércia e o Martinho não queriam perder a oportunidade de fazer o seu compromisso. A ideia inicial seria fazê-lo no Acampamento, rodeados de mais Famílias de Caná, mas nessa altura, já ambos estarão de volta ao trabalho na Suíça. Depois pensámos: cada Família de Caná tem o seu tempo, o seu percurso, o seu(…)

Ler mais

Domingo XIII do Tempo Comum, ano C

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicadas no jornal diocesano Correio do Vouga TODOS TEMOS UMA HISTÓRIA, COMO ELISEU Domingo, dia do Senhor. Na missa de hoje, seremos de novo convocados a ser discípulos. A seguir o Mestre. A deixar tudo sem olhar para trás. O Livro dos Reis conta-nos, entre muitas outras, as histórias dos profetas Elias e Eliseu, fascinantes no que têm de determinação, risco, fé, milagres e aventuras. Neste domingo, escutamos como Elias chamou Eliseu, “que andava a lavrar com doze juntas de bois”, para fazer dele profeta. A simplicidade(…)

Ler mais

Uma família cristã normal

Durante estes cinquenta dias de Páscoa, lemos em família, como certamente todas as Famílias de Caná fizeram, os Atos dos Apóstolos, dia após dia. As leituras do missal, na verdade, percorrem este livro numa sequência magnífica, deixando muito pouco de fora, e culminando no Fogo do Pentecostes (não deixem de ler os artigos que tanto nós, como a família Miranda Santos publicámos sobre as nossas vivências familiares com este Fogo e este Sopro!) Um dos vários detalhes que nos ficou desta leitura dos Atos em tempo pascal foram frases como estas: Depois de ter sido batizada, bem como os de(…)

Ler mais

Um Convite que vos faço

Desafio da Isabel Marantes: Queridos amigos, Hoje não vou escrever um testemunho propriamente dito, mas sim fazer-vos um convite. Hoje, 3 de Maio, é o dia do meu aniversário. Daqui a precisamente um mês, dia 3 de Junho, é o aniversário da nossa querida Teresa Power. Mas nesse dia 3 de Junho celebramos também um aniversário muito mais importante do que cada um dos nossos aniversários por si só.  É um aniversário que nos une uma à outra, que une as nossas famílias e que nos une às vossas famílias também. Festejamos o dia em que, há 2 anos atrás,(…)

Ler mais

Famílias aprendendo a ser discípulas

Sábado foi um dia feliz. Nossa Senhora deu-nos o sol e trouxe-nos as famílias, para podermos viver um dia de retiro em cheio. E assim foi. Éramos vinte e seis adultos, vinte e cinco crianças e cinco jovens, desejosos de nos encontrarmos, de rezar, brincar, cantar e celebrar juntos. O senhor bispo apareceu logo de manhã e presenteou-nos com dois belíssimos ensinamentos sobre ser discípulo, a partir do Evangelho de S. Marcos. Estaremos nós a seguir Jesus prontamente, como fizeram os Apóstolos? Seremos capazes de deixar a capa e correr atrás do Senhor, como Bartimeu? Ainda hesitamos? O que nos(…)

Ler mais

Dia 28 de abril

Dia 28 de abril é o dia marcado para o Retiro Anual das Famílias de Caná com o nosso bispo de Aveiro, D. António Moiteiro. As famílias que já fizeram o seu compromisso irão renová-lo, as famílias que desejarem comprometer-se pela primeira vez terão ocasião de o fazer. Tudo está preparado: o Canto de Caná está lindo, cuidado, pronto para vos receber; a quinta está verde e solarenga, com mesas suficientes para o nosso piquenique; o pátio do colégio está reservado, nesse dia, para todos os patins, bicicletas e bolas que quiserdes trazer; o Santuário estará aberto, para vos poderdes(…)

Ler mais

O sim de Maria, o sim do António, o compromisso das Famílias de Caná

Segunda-feira, a Igreja celebrou a Solenidade da Anunciação, transferida do dia 25 de março, este ano Domingo de Ramos. Assim, e como costumamos fazer em dias de solenidades, fomos juntos à missa, ao fim da tarde. O António estava cheio de pressa: “Mãe, achas que posso acolitar, mesmo sendo à semana?” “Claro! O senhor padre fica todo contente.” “Ainda bem. É que assim sou o primeiro a comungar. E eu gostei tanto de comungar ontem! Quero comungar hoje e sempre. Acho que vou contar as minhas comunhões.” “Eu também disse que ia contar e esqueci-me”, respondeu-lhe a Lúcia. Com a(…)

Ler mais

Compromissos Famílias de Caná

Páscoa é tempo de compromisso. Compromisso com o Ressuscitado, que nos amou primeiro, e a quem agora queremos amar até ao fim. Assim fizeram os Apóstolos, assim fazem as Famílias de Caná. Há quase um ano, no dia três de junho, as primeiras Famílias de Caná fizeram o seu compromisso, na presença do nosso bispo e em dia da inauguração do Canto de Caná. Éramos vinte famílias. Que dia divino passámos! O senhor bispo virá de novo a Mogofores no próximo dia 28 de abril, sábado. Virá pregar um retiro a todos os que desejarem escutar, sejam ou não Famílias(…)

Ler mais

Dois testemunhos e uma surpresa

Domingo foi um dia muito cheio: depois da missa e da catequese, almoçámos à pressa e partimos para Vila Chã de Sá, perto de Viseu, onde iríamos dar o nosso testemunho familiar num retiro quaresmal de duas paróquias do senhor padre Marcelino. Durante a viagem, conversei com o David: “David, outro dia, no concurso de leitura, fiquei muito orgulhosa de ti!” “Obrigado”, respondeu-me, com a sua simplicidade natural. “Achei que estavas muito bem em palco, muito seguro, e que falaste com muito à-vontade sobre o livro que leste. Não ganhaste o concurso, mas ganhaste uma autoconfiança que não te conhecia!”(…)

Ler mais