A Eucaristia e o Getsémani

Testemunho do João Miranda Santos Eis-nos chegados à Quinta-feira Santa de uma Páscoa especial, que vai ser vivida de uma forma diferente do que alguma vez o fizemos. Desde o início deste período em que estamos a viver “fechados” em casa que há uma coisa da qual sentimos uma falta incontornável e insubstituível: o Pão da Vida. Temos acesso a praticamente tudo aquilo que achamos essencial: ao nível carnal podemos obter tudo aquilo de que precisamos para viver, e até o que não precisamos, apesar dos riscos que corremos ao ir a superfícies comerciais; ao nível espiritual não têm faltado(…)

Ler mais

Tríduo Pascal – celebrando a Palavra em família

Estamos quase, quase a iniciar o tempo litúrgico mais curto e mais transformador do ano: o Tríduo Pascal. Tudo preparado, em cada casa onde vive uma Família de Caná? São horas! Não deixemos nada ao acaso. Já leram o Ensinamento Mensal? A Olívia e a Isabel já partilharam aqui e aqui em Testemunhos as suas propostas e eu também já o fiz abundantemente. Hoje é dia de trabalho! É em nossa casa que o Senhor quer celebrar a Páscoa, e há que preparar tudo, a partir do pouco que temos e somos. Aqui, hoje, Quarta-Feira da Traição, vamos fazer o(…)

Ler mais

Preparar o Tríduo – a Via Sacra

Estamos em plena Semana Maior. Cada minuto conta, na nossa firme decisão de acompanhar Jesus até ao fim! Este ano, o Senhor pede-nos para ficarmos em casa. Sejamos capazes de ler os sinais dos tempos! É a grande hora das Igrejas Domésticas. Esmeremo-nos. Em cada um destes dias santos, podemos dedicar-nos a preparar um pouco o Tríduo Pascal. Que tal começarmos pela Via Sacra? Não deixemos passar estes dias sem rezar a Via Sacra! Podemos acompanhá-la pela TV ou pela Internet, mas que isso não substitua uma Via Sacra caseira, familiar, perfeitamente imperfeita, participada por todos os membros da família.(…)

Ler mais

Domingo de Ramos, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga A TRAIÇÃO VEM DE DENTRO Domingo de Ramos. Estaríamos agora a preparar-nos para a aclamação triunfante de Jesus em Jerusalém, ramos no ar, gritos de Hossanas, uma procissão de entrada solene nas nossas igrejas. “Bendito o que vem em nome do Senhor!” Ou talvez não… Talvez não fôssemos hoje à missa porque quando já não há catequese, não vamos; porque iria haver treino de basquetebol ou ensaio de ballet; porque o sol brilha e a praia chama. Porque… Domingo de(…)

Ler mais

Infeção urgente

Tem treze anos. É uma menina simpática e bonita. Faz parte de uma das minhas turmas de oitavo ano. Há uns tempos, numa aula sobre “hobbies” e formas de ocupar os tempos livres em casa, ela disse no meio da turma, alto e bom som: “Na minha casa, eu geralmente limito-me a três frases: Bom dia! Boa noite! O que é o comer?” Pergunto-me se agora, nesta quarentena a que o coronavírus nos forçou, já dirá mais alguma frase. Será que agora já ri em conjunto com os pais? Partilharão o mesmo sentido de humor? Será que se olham nos(…)

Ler mais

Tudo a postos?

Estamos na reta final da Quaresma. Aqui em casa, começaram os grandes preparativos. Enquanto aguardo as vossas partilhas – ficou combinado, não foi? – vou deixando alguns desafios. No próximo domingo é Domingo de Ramos. Já treinaram a leitura da Paixão? São precisos vários leitores, e convém que a leitura seja fluente. Vamos lá treinar com alguma antecedência! E os ramos, estão feitos? Jesus vai entrar em Jerusalém, e é preciso aclamá-l’O com muita alegria! Onde iremos buscar os verdes, quem da família os irá fazer? Quinta, sexta e sábado santos são dias de especial solenidade. Nos anos anteriores, disse-vos(…)

Ler mais

Sangue e Água

Há momentos na minha vida, como vos tenho vindo a dizer, em que me dou conta de que estou a viver tempos bíblicos, a adentrar-me pela Bíblia e a fazer História, junto com o meu povo, o povo de Deus. São tempos em que me dou conta de que as profecias se cumprem, as visões se realizam, os segredos se manifestam, a graça de Deus é derramada. Ontem foi um deles. E um dos mais fortes. O Papa, velhinho, solene, simples. E só. Só numa praça imensa, vazia, deserta. Vou levar-te ao deserto e falar-te ao coração! (Os 2, 14)(…)

Ler mais

Basta!

Durante o dia de ontem, uma passagem do Diário de Santa Faustina atravessou-me a mente, e não descansei enquanto não a encontrei (e olhem que encontrar determinada passagem, que conhecemos vagamente, num livro tão grande como este Diário, é como procurar agulha em palheiro!). É uma passagem que me ocorre muitas vezes durante a missa, especialmente quando me preparo interiormente para receber a Sagrada Comunhão e me pergunto se estarei preparada. Não penso que seja uma passagem muito difundida, e já vão ver porquê. Aqui fica: Recebi a Sagrada Comunhão cá em cima, uma vez que não podia descer à(…)

Ler mais

Rezemos juntos – em cada casa!

25 de março. Foi numa casinha humilde, numa aldeia desconhecida, que o mistério da nossa salvação começou. O Anjo do Senhor anunciou a Maria, e ela concebeu pelo poder do Espírito Santo. Avé Maria… Maria tornou-se, com o seu Sim, o primeiro sacrário. Ajoelhando diante de Maria, adoramos o Salvador, escondido no seu seio. Eis aqui a escrava do Senhor. Faça-Se em mim segundo a vossa Palavra! Avé Maria… Rezemos, pois. Unamo-nos ao Santo Padre e a toda a Igreja, e rezemos juntos, ao longo de todo o dia, mantendo um silêncio orante o mais possível, pelo fim da pandemia(…)

Ler mais

Cumpriu-se. Hoje.

Ide à cidade, a casa de tal pessoa, e dizei-lhe: ‘O Mestre manda dizer: O meu tempo está próximo. É em tua casa que eu quero celebrar a Páscoa com os meus discípulos’. (Mt 26, 18) Há qualquer coisa de novo e de estranhamente belo neste pedido do Mestre. O tempo está próximo, e desta vez, é em minha casa, é em tua casa que Jesus quer celebrar a Páscoa. Façamos os preparativos então! A primeira semana já passou. A cabeça andou à roda, o coração ficou pequenino, o espírito revoltou-se, a vida tal como a conhecíamos desmoronou-se. É em(…)

Ler mais