Domingo XII do Tempo Comum, ano C

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga A Páscoa já passou, e depois dela, duas grandes solenidades. Regressamos à rotina do tempo comum, à sucessão de domingos simples e tranquilos. Mas não será esta aparente banalidade apenas superficial? Afinal, se fomos batizados em Cristo, somos filhos de Deus, diz-nos Paulo. E isto não é pouca coisa… Quem dizem as multidões que Eu sou?” Pergunta Jesus aos seus amigos. Eis uma pergunta a que conseguimos responder, terão eles pensado, algo aliviados. De facto, nunca foi difícil, em tempo(…)

Ler mais

Domingo da Santíssima Trindade, ano C

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga COMO SOIS GRANDE EM TODA A TERRA! O tempo pascal trouxe-nos aqui num crescente de cinquenta dias. A cada passagem dos Atos e do Evangelho de João, adentrámo-nos no mistério da Santíssima Trindade, revelado na vida dos primeiros cristãos e nas palavras de Jesus na sua despedida. É hora de rejubilar. O nosso Deus é Uno e Trino, porque é Amor! Jesus tem a boca cheia do nome do Pai e do Espírito. Parece não conseguir falar de outra coisa,(…)

Ler mais

Domingo de Pentecostes

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga À ESPERA DO FOGO Pentecostes. Estamos há cinquenta dias à espera deste Fogo, que desce sobre nós como desceu sobre os Apóstolos e Maria reunidos. Sem Ele, não há Igreja, não há santidade, não há Vida. E porque Maria é a imagem mais perfeita da Igreja que acolhe o Espírito e se deixa encher de graça, amanhã invocá-la-emos como Mãe da Igreja. “Na tarde daquele dia, o primeiro…” O Evangelho de João transporta-nos, como o Génesis, para o início. Na(…)

Ler mais

Solenidade da Ascensão, ano C

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga O NOSSO CORAÇÃO JÁ VIVE NO CÉU Quarenta dias depois de ressuscitar, Jesus subiu aos Céus. O salmo diz que foi “ao som da trombeta”. Será? Certamente que esta “trombeta” tocava muito pianinho! É que poucos se deram conta do que estava a acontecer. E hoje? Viveremos nós a alegria profunda desta especialíssima solenidade? Lucas termina o Evangelho e começa os Atos com a narrativa da Ascensão de Jesus. Este é, portanto, o ponto de viragem entre a missão de Jesus e(…)

Ler mais

Domingo VI de Páscoa, ano C

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga OBEDIÊNCIA E PAZ ANDAM JUNTAS A paz surge, nos evangelhos pascais, como o dom maior, concedido por Jesus ressuscitado. Quem acolhe o Senhor, vive em paz  e constrói a paz com os irmãos. Foi num ambiente assim, de paz divina, que a Igreja discutiu pela primeira vez, no Concílio de Jerusalém que os Atos nos narram. “Meu Pai o amará…” “A Palavra que ouvis não é minha, mas do Pai que Me enviou…” “O Pai enviará o Espírito Santo em(…)

Ler mais