Abriu-lhes as Escrituras

O tempo pascal propõe-nos a leitura diária dos Atos dos Apóstolos. Certamente já repararam como é que os Apóstolos apresentam Jesus ao povo: Jesus é Aquele que vem cumprir as Escrituras. É assim também que o próprio Jesus Se apresenta na estrada de Emaús: Começando por Moisés e seguindo por todos os Profetas, explicou-lhes, em todas as Escrituras, tudo o que Lhe dizia respeito. (Lc 24, 27) Iluminados pelo Espírito no Pentecostes, os primeiros discípulos descobriram em Jesus a encarnação, real, de todas as Palavras divinas. Puderam, assim, concluir sobre a História da Salvação, o que Mark Twain concluiu sobre a(…)

Ler mais

Caminhando com Jesus

Testemunho da Ana Marta Antunes Aqui em casa, gostamos de desafios! Assim escreveu o meu marido João: Este desafio nos foi lançado Para a nossa imaginação trabalhar Pusemos lápis e marcadores a rolar Para ver o que mais realçar Aqui está o resultado Por nós alcançado: Outros desafios são mais difíceis de viver… Na semana que passou debrucei-me um pouco mais a pensar na minha forma de estar ao longo do meu dia. Apercebo-me com grande tristeza e desilusão que reajo e sinto mais espontaneamente às minhas lamentações do que à enorme quantidade de razões que tenho para agradecer. São(…)

Ler mais

Domingo III de Páscoa, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga DEUS NÃO SE IMPÕE O caminho da Páscoa ainda não vai a meio. Sabemos que Jesus ressuscitou, porque no-lo disseram. Acreditamos, para lá de todas as evidências, que está vivo. Mas é difícil cantar aleluias… Onde estás, Senhor? Façamos, nós também, a caminhada até Emaús! Os discípulos “conversavam entre si sobre tudo o que tinha sucedido.” Um chamava-se Cléofas. E o outro? Serei eu? Conversamos sobre tudo o que vai sucedendo nestes últimos tempos e, como os discípulos, ficamos confusos(…)

Ler mais

Emaús – um presente

Andava com a passagem bíblica na cabeça e no coração, durante toda esta Páscoa… Doía-me aqui dentro ouvir falar da Sua ressurreição, sem contudo O poder ver, escutar, tocar. Doía-me ainda mais aquele detalhe (repararam?): o “desconhecido” fez menção de seguir para diante… Iria Jesus passar em vão diante da minha porta? Iria eu desperdiçar esta oportunidade de O receber em minha casa?… Pensei depois naquele braseiro que se acende no nosso coração, cada vez que lemos e meditamos as Escrituras. Fica tudo tão diferente, quando deixamos que Ele no-las explique, ajudando-nos a compreender os sinais dos tempos e o(…)

Ler mais

No meio de dois ou três

Testemunho do senhor padre António Assunção: Olá Teresa e todos Continuação de Santa Páscoa Faço assim esta partilha e não no Comentário para não perturbar a caminhada pascal com oração e penitência (a possível numa solenidade) pelos sacerdotes. Por mim agradeço essa oração e “penitência” pois estes dias estão a ser para mim (que cá estou e não sei se cá estarei depois desta turbulência, durante ela tem morrido tantos padres alguns com fama de santidade) também ocasião de reflexão e oração na tentativa de aprender (cf Mt 18, 1-4) diante do que deverá ser inevitavelmente diferente no futuro (e(…)

Ler mais