(Des)conectados

Última sexta-feira de agosto. O verão está quase no fim, as aulas a chegar. Vamos, é preciso aproveitar a praia até ao último dia! O pai já está a trabalhar, segunda-feira começa a mãe… Estacionamos o carro, como sempre, mesmo encostados ao areal. Os meninos saem e vão a correr, felizes. Eu sigo mais devagar, com o Daniel nos braços, a tempo de os ver tirar as camisolas e saltar nas ondas baixinhas, mesmo com nevoeiro, mesmo com frio. Sento o Daniel na manta, mas ele arrasta-se como pode até os seus pés pequeninos tocarem a areia. Ah, que bom,(…)

Ler mais

Partidas e chegadas, estrelas e relâmpagos

No sábado de manhã, o Francisco e a Clarinha partiram para Taizé. Há muito que sonhavam fazer esta viagem, e depois de esperarem, em vão, por uma compatibilidade de datas com as peregrinações da diocese e de outros grupos jovens, decidiram ir sozinhos. A eles juntaram-se duas amigas, e lá foram felizes, num autocarro cheio de jovens portugueses. Parece que já lá chegaram, a julgar pelas fotos enviadas por whatsapp domingo ao fim da tarde: Durante uma semana, irão rezar, conhecer outros jovens, partilhar, meditar a Palavra. Taizé marcou profundamente a minha juventude e a do Niall, e certamente fará(…)

Ler mais

Ainda a jangada – e todos vós

No último post, falei-vos das nossas férias em família e de uma série de questões que me atravessavam o pensamento na altura. Bem-hajam pelos vossos comentários tão sinceros e bonitos! É uma alegria, para nós, lermos nomes novos e receber palavras bonitas sobre todo este trabalho que, como “cordéis dobrados em três”, como jangadas na água, como irmãos que vivem unidos, vamos construindo. Eu sei que a semente vai germinando, sim. E é precisamente porque o sei, que vos pedia feedback, alguma partilha do que vão vivendo a partir do que por aqui vão lendo. Seria mera vaidade, pedir-vos esta(…)

Ler mais

A jangada

As nossas férias familiares, este ano, levaram-nos até à beirinha de um rio, a um lugar longe de tudo e de todos. Ansiávamos por esta quietude há muito tempo, e a semana passou a voar! De todas as maravilhas que contemplei, escutei, saboreei, toquei, a mais bela foi a comunhão que experimentamos entre nós. É de facto consolador ver os irmãos a brincar uns com os outros, a mergulhar juntos, a jogar à bola juntos, a disputar jogos de tabuleiro juntos, a rir à gargalhada juntos. A Sara quer uma história? O António dispõe-se de imediato a ir buscar um(…)

Ler mais

Acampamento de Caná, terceira edição

Já consultaram, em Eventos, a data do nosso terceiro acampamento? Decidimos manter o último fim-de-semana de julho, e assim continuar nos próximos anos, para que as famílias se possam organizar, logo na marcação das suas férias e das atividades dos filhos, e guardar esta data anualmente. No nosso canal, temos um vídeo do último acampamento, para vos servir de inspiração. E aqui no site, vários artigos Em Caná da Galileia e em Recursos sobre tudo o que por lá fizemos nestes dois últimos anos. O acampamento é para todos os que se sentem atraídos pelo nosso carisma, todos os que(…)

Ler mais

Água Viva

Dizei aos corações perturbados: Tende coragem, não temais! (…) As águas brotarão no deserto e as torrentes na aridez da planície; a terra seca transformar-se-á em lago e a terra árida em nascentes de água. (Is 35, 4-7) No último fim-de-semana, fomos visitar o nosso grande amigo e antigo pároco à sua nova terra, Mirandela (Trás-os-Montes), e ficámos hospedados numa das suas muitas paróquias, à beira de uma belíssima praia fluvial. Uma visita a um grande amigo transformou-se num magnífico Tempo de Família e Tempo de Deus, tempos bem marcados pelo relógio da torre da igreja, com vista da nossa janela,(…)

Ler mais

Ociosidade

Quando as férias acabarem e eu regressar à minha profissão como professora de Inglês, irei naturalmente perguntar aos meus alunos de doze, treze, catorze anos o que fizeram nas férias. Mas já conheço de antemão a resposta mais frequente: “Nada”. Outros dirão: “Comi e dormi”, ao que eu, como costume, ripostarei: “Não preciso que menciones as atividades fisiológicas a que todos estamos obrigados!” Sempre me surpreendi com a falta de imaginação destas respostas, mas nestas férias tive a oportunidade de constatar a sua veracidade. De facto, os dois adolescentes que acolhemos temporariamente têm uma enorme dificuldade em encontrar formas de(…)

Ler mais

Onde mora o verdadeiro perigo?

Férias familiares no Gerês. Mais um longo e calmo dia passado na barragem de Vilarinho das Furnas, no alto da montanha. Geralmente, estamos sós. Mas neste dia em particular, vemos chegar um grupo grande de pessoas, aparentemente três famílias amigas entre si. As crianças correm para a água e, felizes, saltam e gritam de alegria, mergulhando e chapinhando. Sentada na margem, cuidando das bonecas da Sara que estão a secar depois do banho (também sei cumprir ordens…), observo. E é então que vejo uma das mães levantar-se da sua toalha, pousar o telemóvel com que até essa altura se entretivera(…)

Ler mais

A hora azul

Serra do Gerês, uma semana de férias em família. Às cinco da manhã de quarta-feira, o despertador do Francisco tocou. Eram horas de levantar, para uma caminhada pela madrugada ao encontro do sol nascente sobre as águas do lago. O Francisco, com quase vinte anos e uma paixão por fotografia, desejava há muito fotografar a chamada “hora azul”, os minutos que antecedem o nascer do sol e que fazem o encanto de qualquer fotógrafo. O preço a pagar era este acordar fora de horas, seguido de uma caminhada de pelo menos meia-hora até ao local exato indicado pela sua aplicação(…)

Ler mais

Transfiguração

Na segunda-feira passada partimos, em família, para uma semana de férias num dos lugares mais bonitos do mundo: a Serra do Gerês. Queríamos partir de manhã muito cedo, mas fazer malas, carregar os carros e movimentar uma família numerosa e os seus dois cães velhinhos não é algo que se faça rapidamente. Eram quase onze horas quando, por fim, nos fizemos à estrada. “Vamos fazer um piquenique no Sameiro como sempre, mãe?” Perguntaram os meninos. A peregrinação ao Sameiro, quase como que uma ligação entre dois santuários marianos – o “nosso”, de Nossa Senhora Auxiliadora, e o do Sameiro –(…)

Ler mais