Partidas e chegadas, estrelas e relâmpagos

No sábado de manhã, o Francisco e a Clarinha partiram para Taizé. Há muito que sonhavam fazer esta viagem, e depois de esperarem, em vão, por uma compatibilidade de datas com as peregrinações da diocese e de outros grupos jovens, decidiram ir sozinhos. A eles juntaram-se duas amigas, e lá foram felizes, num autocarro cheio de jovens portugueses. Parece que já lá chegaram, a julgar pelas fotos enviadas por whatsapp domingo ao fim da tarde: Durante uma semana, irão rezar, conhecer outros jovens, partilhar, meditar a Palavra. Taizé marcou profundamente a minha juventude e a do Niall, e certamente fará(…)

Ler mais

Creio na vida eterna?

Grupo de crismandos. Sentados em círculo, conversam com o Niall sobre o tema de Os Mistérios da Fé proposto para a sessão de catequese. No meio da conversa, um comentário de um jovem faz o Niall hesitar, e acabar por perguntar: “Não acreditas na vida eterna?” Silêncio. O Niall pergunta de novo, desta vez de forma geral: “Há aqui alguém que não acredite na vida eterna? Se houver, por favor levante o braço.” Com duas ou três exceções, todos os braços se levantam. O Niall fica sem saber o que fazer ou dizer a partir deste ponto. Ele está a(…)

Ler mais

Testemunho jovem e missão

Há uns tempos, o Francisco e a Clarinha foram dar testemunho da sua vida de jovens cristãos numa paróquia da diocese de Coimbra, para adolescentes, jovens crismandos e crismados. Neste sábado passado, repetiram o testemunho, aqui no Santuário, para jovens crismandos de uma paróquia vizinha que se encontravam a fazer um retiro de dois dias. O Francisco e a Clarinha prepararam o seu testemunho com muito cuidado e muito entusiasmo. Não li as suas notas e não os ouvi “ensaiar”, para não lhes roubar a privacidade de um testemunho pessoal. Mas sei que incluía o testemunho de ambos sobre vida(…)

Ler mais

O centro do mundo

Há uns meses, fui buscar o Francisco e a Clarinha a um encontro de jovens católicos. Vinham felizes, cheios de relatos sobre os novos amigos e as experiências vividas. Tinha sido, decididamente, um encontro positivo. Mas no meio de muita coisa boa, escutei este diálogo: “Não achaste que se fala sempre um bocado demasiado de “mim mim mim” nestes encontros?” “Ya, bué! Andamos sempre a ver quem somos, os talentos que temos…” “Eu acho que falamos demais em nós e de menos em Deus. Eu gostava de ir a um encontro e gostava que me falassem de Deus… Assim, sabes,(…)

Ler mais

Sujos e felizes

No sábado, dia de S. Martinho, tivemos o nosso costumado magusto da comunidade salesiana: paróquia, colégio e todos os que se lhe quiseram associar. As Famílias de Caná quiseram! Começámos a tarde com a oração do Terço no Canto de Caná, esse lugar único no mundo onde cada vez apetece mais rezar: Depois, castanhas para a fogueira! Os jovens crismandos, orientados pelo Niall, tinham preparado uma série de jogos tradicionais, desde a procura de um rebuçado num balde de farinha às corridas com ovos, para fazerem com as crianças da escola e da catequese. Os jovens estavam prontos e cheios(…)

Ler mais

Jubileu Jovem

Escrito pela Clara Power: É o dia 9 de setembro e cerca de três mil jovens preparam-se para o Jubileu dos Jovens em Fátima, neste Ano de Centenário. Entre eles, estou eu, o Frankie e o grupo com quem fiz a Missão Cluny, no verão. Com a participação no terço e na procissão de velas, todos nos preparámos para a noitada que nos esperava, porque apesar de nos terem dito para levar sacos-de-cama, também nos disseram que a oração noturna seria “Non-stop”. De entre todas as atividades que fizemos, a que me marcou mais foi a via-sacra nos Valinhos. Já(…)

Ler mais

Missão jovem nas cinzas do Pedrógão #2

Escrito pelo Francisco Power (continuação do post anterior): O nosso principal trabalho foi, como referi no post anterior, nas hortas, nos pomares e na preparação de kits de sementes para distribuir. Mas fizemos outras coisas! Logo no primeiro dia, tivemos a “praxe” do voluntariado: como estava muito calor para começar a plantar fosse o que fosse, fomos para um ginásio enorme completamente cheio de caixotes de roupa para fazer triagem e separação. Neste momento já não é necessária mais roupa, e a que chega está a ser encaminhada para os PALOP. Se por um lado é bonito ver a generosidade(…)

Ler mais

Missão jovem nas cinzas do Pedrógão #1

O nosso Francisco acabou os exames do primeiro ano de Engenharia Mecânica numa quarta-feira, e na sexta-feira seguinte partiu em missão. Uma semana depois regressou, com muito, muito para contar. Tanto, que resolvemos dividir por dois posts! Aqui fica, pois, o seu testemunho: Escrito pelo Francisco Power: Desde as Jornadas Mundiais da Juventude 2016, o meu grupo fantástico de Jovens do Estoril e Lisboa e eu andámos a planear um campo de trabalho para fazer este verão. Com a infeliz catástrofe que começou em Pedrógão Grande há um mês, decidimos tornar esse campo de trabalho numa missão de voluntariado para(…)

Ler mais

Jovens-cântaro

No ensinamento deste mês, relembro as famílias de que é absolutamente essencial dedicarmos algum tempo das nossas férias a servir os outros, não apenas os da nossa família. Já o fizemos? Cá em casa, temos procurado ser Família-cântaro em várias circunstâncias diferentes que o Senhor nos vai apresentando. Para além desta missão familiar, os nossos filhos mais velhos também vão viver /viveram os seus momentos de missão jovem. Na semana passada, a nossa filha Clara, de dezasseis anos, dedicou cinco dias à missão, em Torres Novas, com as Irmãs de S. José de Cluny. Pedi-lhe que relatasse aqui a sua(…)

Ler mais

Maranatha!

Esta noite, Justin Bieber está em Lisboa a dar um grande concerto. Ontem, pela televisão, fiquei a saber que, à porta do local do evento, há desde segunda-feira dezenas de jovens à espera. O frio, o vento, a chuva, a noite, nada os parece perturbar: com grande entusiasmo, de gargalhada e lágrima fácil, eles vão cantando e fazendo novas amizades para passar o tempo. “Quero ser a primeira a tocar-lhe”, explica às câmaras uma jovem risonha. “Ele é o meu ídolo”, confessa outra. “Não estão cansados de dormir ao relento? Não sentem frio?” Pergunta, atónito, o jornalista. Risos: “Tudo se(…)

Ler mais