A mesma dignidade

Testemunho da Isabel Marantes: Dia 13 de Maio… acordo cheia de alegria e penso: “Dia de Nossa Senhora de Fátima e dia de contar aos meninos a grande surpresa!” A Leonor já há mais de dois anos que rezava à Irmã Lúcia para que tivéssemos mais um bebé cá em casa (ela pedia especificamente uma irmã!). Tinha feito há cerca de um mês um gorro de bebé e tinha-o colocado bem perto da Irmã Lúcia, como que pedindo concretamente para que este gorro pudesse ser usado pela sua irmã no próximo Inverno… Finalmente, eu estava grávida! No dia 13 à(…)

Ler mais

Os sapatos

A Semana da Vida apanha-me sempre num turbilhão de emoções e pensamentos. É que o mês de maio, das flores, da mãe, da ressurreição, da primavera, da vida – o mês de maio, na minha casa, é o mês da morte. Porque foi no dia 16 de maio que o meu pai partiu para Casa, há 28 anos atrás. E foi no dia 19 de maio que o meu filho Tomás partiu também para Casa, há 13 anos atrás. Cada um dos meus filhos tem uma caixa de cartão desde o dia em que nasceu, para onde vou lançando, durante(…)

Ler mais

A Escada de Jacob

No domingo, com cinco dias, o Daniel foi pela primeira vez à missa. Embrulhado em mantas e escondido no “ovo”, entrou comigo no santuário, e juntos ajoelhámos diante do altar e da imagem de Maria Auxiliadora. Que alegria, poder voltar a ajoelhar e andar com ligeireza! Contemplei o rosto da Mãe, com o seu Menino ao colo, e mostrei-lhe o meu, ali embrulhadinho, enquanto me emocionava e as lágrimas me corriam pelo rosto. Ainda há uns dias ali estivera, o meu menino “do lado de dentro”, e pedira à Mãe que me auxiliasse no que se ia seguir… Depois dirigimo-nos(…)

Ler mais

Até ao Céu, querida Vera!

Há quatro meses atrás, pedi aqui no site orações pela Vera, nossa querida amiga, acólita, catequista e educadora de infância, comprometida com as Famílias de Caná desde o início. A ela confiávamos sempre as crianças, nos encontros e retiros, e com que entusiasmo a Vera vivia a sua missão! Juntamente com a São,  formavam a “dupla imbatível” nos retiros, sempre disponíveis para viajar connosco aonde fosse necessário. “Quando fores convidada a ir ao Brasil, não te esqueças de me levar, para cuidar das crianças lá também”, dizia a Vera, brincalhona, de vez em quando. É que a Vera era brasileira,(…)

Ler mais

O mistério da vida e da morte

Há pouco mais de uma semana, alguns paroquianos de Mogofores foram, como todos os anos, a Fátima de bicicleta. Cá de casa, estava pensado o Francisco ir, mas os exames não lho permitiram. Participou contudo, cheio de entusiasmo, o André, o rapazito que vive temporariamente connosco. Das Famílias de Caná, participaram o João Teles e a Vera Ribeiro. A Vera é educadora de infância e bem conhecida de muitas Famílias de Caná, pois geralmente oferece-se para cuidar das crianças durante os ensinamentos, evangelizando-as com carinho e imaginação. Pais e filhos chegam ao fim dos encontros muito felizes com o seu(…)

Ler mais