Dos ramos às raízes: um ADeus e um recomeço

Há um ano, a Natércia e o Martinho faziam aqui connosco o seu compromisso Famílias de Caná, durante a Eucaristia diária, e depois de rezarmos juntos longamente no Cantinho de Caná. Recordo as palavras divertidas do senhor padre que presidiu à Eucaristia, e que teve, assim, a surpresa de ouvir os dois a ler com voz firme o texto do nosso compromisso (texto disponível aqui no site). “Ena, tanta coisa!” Dizia ele, falando a sério a brincar. “Não acham que bastava algo mais simples? Isso é um programa completo de vida!” A Natércia tinha a resposta pronta: “É um compromisso(…)

Ler mais

Em jeito de balanço

Ontem, como quase todos os dias desde 13 de março, levei o Daniel a visitar as ovelhinhas no final da rua. Se eu me atraso um pouco, é ele quem me puxa para o carrinho e me pede que o sente, pois não gosta de ficar sem o seu passeio matinal, não vão as ovelhas passar fome! E a verdade é que, ao vê-lo chegar, elas correm para o gradeamento e atropelam-se para receber as folhinhas e ervinhas que ele lhes estende. E ontem, enquanto passeávamos, dei comigo a ter saudades antecipadas destes passeios matinais. Saudades da tranquilidade destes nossos(…)

Ler mais

Mais uma bela Família de Caná!

A nossa missão na Suíça, em Zurique, há ano e meio, já deu frutos: no sábado, na missa vespertina, tivemos o compromisso Família de Caná da Natércia e do Martinho, os queridos amigos que conhecemos na altura. Que dia tão bonito! De férias em Portugal, a Natércia e o Martinho não queriam perder a oportunidade de fazer o seu compromisso. A ideia inicial seria fazê-lo no Acampamento, rodeados de mais Famílias de Caná, mas nessa altura, já ambos estarão de volta ao trabalho na Suíça. Depois pensámos: cada Família de Caná tem o seu tempo, o seu percurso, o seu(…)

Ler mais

Uma Caravana rumo ao Céu

Terceiro de uma série de artigos sobre o carisma e a espiritualidade das Famílias de Caná O meu senhor sabe que as crianças são delicadas e que o gado miúdo e graúdo, que ainda mama, exige os meus cuidados; se os apressarem, ainda que só por um dia, todo o gado novo perecerá. Que o meu senhor queira passar adiante do seu servo; eu caminharei devagar, ao passo da caravana que me precede e ao passo dos meninos… (Gn 33, 13-14) Nos inícios do Movimento, durante uma pesquisa que eu fazia, na Internet, no contexto dos meus livros Os Mistérios(…)

Ler mais

Consumismo espiritual

Primeiro de uma série de artigos sobre o carisma e a espiritualidade das Famílias de Caná “Mãe, vem ver! Não vais acreditar! Olha!” O António leva-me pela mão ao jardim e mostra-me a pereira. Pela primeira vez desde que a plantámos, está coberta de pêras pequeninas e verdes, a crescer lentamente. Quando viemos morar para Mogofores, para uma casa com terra a toda a volta, decidimos de imediato construir uma pequena horta. Não tencionávamos cultivar o suficiente para alimentar uma família numerosa. Queríamos apenas que os nossos filhos descobrissem como é difícil, cansativo – e maravilhoso – alimentarmo-nos com o(…)

Ler mais