Uma grande claque, no Céu e na Terra

O Daniel tem treze meses e começa agora a dar os seus primeiros passos. Num destes dias, quando o fui buscar à creche, a auxiliar que cuida dele comentou comigo: “O Daniel é tão engraçado! Assim que se põe de pé sozinho ou que dá um passinho sem apoio, imediatamente bate palmas a si próprio. Tão engraçado!” Eu ri-me, e tratei de explicar… É que cá em casa, a claque é assim: Quem não se sente encorajado, com tamanha animação à sua volta? Penso na alegria dos simples e dos pobres, aqueles que se aglomeravam à porta da casa de(…)

Ler mais

A retinir nos nossos ouvidos

Oração familiar, ontem à noite. A primeira leitura é muito conhecida dos meninos, e a Sara vai como que fazendo a mímica da história enquanto leio. Por fim, chegamos ao momento fulcral: “Samuel! Samuel!” E Samuel respondeu: “Fala, Senhor, o teu servo escuta!” Todos abrem os ouvidos. Mas eis que a leitura conclui placidamente: Samuel foi crescendo. O Senhor estava com ele e nenhuma das suas palavras deixou de se cumprir. “Mãe” A Lúcia está particularmente desiludida. “Há anos que ouço essa história, mas nunca descobri o que é que Deus falou a Samuel! Nunca nos contam essa parte! Que(…)

Ler mais

Começou o Advento

Testemunho da família Batista  Há muito tempo que o nosso primeiro domingo do Advento não era vivido com tanta alegria, simplicidade e empenho. Na verdade, costumava planear demasiado e depois os planos não corriam como era esperado e era uma frustração… Preparar a família para o Advento começou com gestos pequenos, como procurar que tudo fosse feito com calma e dedicação, procurar não apressar demasiado as coisas para que no final deste domingo não estivéssemos desanimados, mas cheios de vontade de continuar a caminhar. Não fizemos tudo o que seria de esperar, mas o que fizemos foi uma bênção! O(…)

Ler mais

Um milhão de crianças rezam o terço

Testemunho-desafio da Olívia Batista: Fazer parte das Famílias de Caná é receber Maria e Jesus em nossa casa, todos os dias, convidá-los para a nossa vida, com todas as nossas alegrias e dificuldades. Na espiritualidade desta forma de viver cada Família de Caná oferece a Jesus seis pequenas “bilhas”, que procura esvaziar de tudo o que é mundano. À Palavra de Jesus enche-as de “água” até transbordarem, numa obediência pronta e generosa. Finalmente, experimenta a abundância do amor de Jesus, que por intercessão de Maria, não permitirá que o “vinho” da fé, da esperança e do amor acabe na sua(…)

Ler mais

Deus por entre as tendas

Os Acampamentos de Caná são férias, mas férias com Deus pelo meio. Estamos acampados um pouco ao jeito do povo de Israel no deserto: por entre as nossas tendas, caminha o Senhor, qual coluna de nuvem ou de fogo. E como o povo de Israel, também nós temos no centro do acampamento a “Tenda da Reunião”, o Canto de Caná, a que os mais pequeninos chamavam “aquela cabana de madeira”. Foi pois em ritmo bem marcado de oração que vivemos estes dias. No centro, a missa diária. E que missa! Crianças, bebés, adolescentes, pais e mães, famílias completas diante do(…)

Ler mais