Rezemos juntos – em cada casa!

25 de março. Foi numa casinha humilde, numa aldeia desconhecida, que o mistério da nossa salvação começou. O Anjo do Senhor anunciou a Maria, e ela concebeu pelo poder do Espírito Santo. Avé Maria… Maria tornou-se, com o seu Sim, o primeiro sacrário. Ajoelhando diante de Maria, adoramos o Salvador, escondido no seu seio. Eis aqui a escrava do Senhor. Faça-Se em mim segundo a vossa Palavra! Avé Maria… Rezemos, pois. Unamo-nos ao Santo Padre e a toda a Igreja, e rezemos juntos, ao longo de todo o dia, mantendo um silêncio orante o mais possível, pelo fim da pandemia(…)

Ler mais

Domingo III da Quaresma, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga DÁ-ME DE BEBER! “Dá-me de beber!” Acostumados a abrir a torneira quando temos sede, dificilmente entenderemos a profundidade da Palavra deste domingo. Mas regressemos, por momentos, a um tempo em que todos os dias se ia buscar água à fonte ou ao poço, ou visitemos em espírito os mais pobres do mundo, afadigando-se por um balde de água diário… Hoje falamos da sede de Deus e da sede do Homem, das águas estagnadas e da Água Viva. “Porque nos tiraste(…)

Ler mais

Que queres que eu faça?

Alguns santos escutaram da boca de Deus palavras claras e instruções precisas. S. José, por exemplo, ainda que em sonhos. A Madre Teresa, antes de mergulhar na escuridão em que viveu o resto da sua vida. O Santo Padre Pio. Os pastorinhos de Fátima, que tiveram o privilégio de conversar com Nossa Senhora. E tantos outros… De vez em quando, dou comigo a invejá-los. Se ao menos Deus fosse assim claro comigo, e me dissesse exatamente o que pretende que eu faça! Senhor, que queres que eu faça? (At 9, 6) Pergunto eu a Jesus tantas vezes, forçada a tomar(…)

Ler mais

O bem e o mal

Reflexão da Olívia Batista: Todos os dias ouvimos e vemos através das redes sociais e dos meios de comunicação relatos de acontecimentos terríveis que nos deixam tristes, desanimados e revoltados, notícias de violência doméstica, mortes, adolescentes que caem nas malhas da droga, suicídios e desavenças, intrigas e perseguições. Algumas destas notícias dizem respeito a pessoas que não conhecemos, mas, num dia ou noutro as notícias que nos chegam são de pessoas a quem estimamos, de amigos próximos e familiares, e “os nossos males doem sempre muito mais…” Perante isto a inevitável pergunta exterioriza muitas vezes o que sente o coração:(…)

Ler mais

Domingo XXX do Tempo Comum, ano C

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga QUAL O NOSSO ESPELHO: O MUNDO OU A PALAVRA DE DEUS? “Dois homens subiram ao templo para orar; um era fariseu e o outro publicano.” Assim começa a parábola que marca o domingo de hoje. A quem se dirige Jesus? Certamente que a mim e a ti, ou estaremos, também nós, a perder o nosso tempo no templo, como perdeu o fariseu. “Meu Deus, dou-Vos graças por não ser como os outros homens, que são ladrões, injustos e adúlteros,”, diz(…)

Ler mais