O dia da Grande Sede

Sexta-feira Santa. Dia da Grande Sede de Jesus. Tenho sede! (Jo 19, 28) Pois se nós temos fome, uma imensa fome, Jesus morreu de sede. Sede do nosso amor. Pouco depois da uma da tarde, fizemos a Via Sacra, seguida da celebração da Palavra, onde lemos o Evangelho da Paixão  que, na Sexta-feira Santa, é sempre a partir de S. João, o discípulo amado. A leitura terminou ao mesmo tempo que a chuva começou a cair com força lá fora, e em silêncio, ajoelhámos. Parecia-nos estar ali, junto à Cruz, no desconforto do frio e da chuva daquela tarde santa… Fizemos(…)

Ler mais

As tuas chagas me curaram

Testemunho da Natércia: Pelas Suas Chagas fomos curados. (Is 53, 5) Há algum tempo, este versículo inspirou-me a compor uma canção. Não que eu seja uma perita em música, mas acredito que o Espírito Santo vence as nossas limitações, por isso decidi partilhá-la. Quem sabe vos ajudará a rezar, como o fez comigo. Nesta Sexta-feira Santa, em que celebramos a Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, a 1° Leitura é justamente esta passagem de Isaías, e é sempre bom meditar nela, rezar com ela, fazer dela nossa. Envio também uma gravação feita na simplicidade do nosso salão, a fim de(…)

Ler mais

Domingo de Ramos, ano A

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga A TRAIÇÃO VEM DE DENTRO Domingo de Ramos. Estaríamos agora a preparar-nos para a aclamação triunfante de Jesus em Jerusalém, ramos no ar, gritos de Hossanas, uma procissão de entrada solene nas nossas igrejas. “Bendito o que vem em nome do Senhor!” Ou talvez não… Talvez não fôssemos hoje à missa porque quando já não há catequese, não vamos; porque iria haver treino de basquetebol ou ensaio de ballet; porque o sol brilha e a praia chama. Porque… Domingo de(…)

Ler mais