Presépio tradicional português candidato a património imaterial da humanidade

O presépio tradicional português é candidato, tal como outros presépios tradicionais europeus, a património imaterial da humanidade. Trata-se de uma candidatura conjunta que inclui, além de Portugal, outros países como Alemanha, Suíça, Espanha e Itália. O processo é demorado e, provavelmente, só no início de 2018 será apresentado, definitivamente, aos órgãos da UNESCO. A ideia desta candidatura partiu da Federação Mundial dos Presépios. Da parte portuguesa, a iniciativa de aderir foi do Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja. As razões que levaram Portugal a associar-se a esta candidatura internacional tiveram a ver com o “grande património(…)

Ler mais