Domingo IV do Advento, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga TOMA O MEU NADA, DÁ-ME O TEU TUDO! O Natal está aí. Não desperdicemos o tempo em corridas aos centros comerciais, ou em horas esquecidas diante do computador, da televisão ou ao telemóvel; mas aproveitando a deixa da pandemia, permaneçamos em casa, em serena expetativa. Porque é essa também a deixa do Evangelho, e é dentro de casa que o Senhor nos quer hoje encontrar: “Quando David já morava em sua casa…” “Tendo entrado onde ela estava…” O Natal apela(…)

Ler mais

Domingo XXXIII do Tempo Comum, ano C

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras da missa do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga CABELOS AJEITADOS PARA ENTRAR NO CÉU Texto após texto, a Palavra vai abrindo caminho para o grande final. E enquanto as nossas mentes se povoam de imagens aterradoras, S. Paulo vem dizer que a única coisa que importa é o aqui e o agora do dever tranquilo… “Naquele tempo, comentavam alguns que o templo estava ornado com belas pedras e piedosas ofertas”. Grandioso e carregado de História, o Templo de Jerusalém impressionava qualquer um. Mas Jesus não se deixa iludir:(…)

Ler mais

A rotina de quem não tem rotina

Ao longo dos anos, muitos leitores deste site têm-me dado a alegria de me escrever, partilhando comigo a sua caminhada, os seus problemas e as suas alegrias. Frequentemente, colocam-me questões, que eu vou respondendo individualmente. Porque muitas destas questões se repetem, decidimos iniciar um formato aqui no site de perguntas e respostas, sempre que se justifique. Assim, de vez em quando, Em Caná da Galileia proporá uma resposta a alguma questão vossa. Posso ser eu a responder, pode ser algum outro Power, ou pode ser uma família que me pareça estar mais capacitada para o fazer, dependendo da pergunta que(…)

Ler mais

Os tempos do tempo

Testemunho da Olívia Batista Numa destas semanas lia um artigo em que uma senhora com cerca de 80 anos dizia que o grande problema das sociedades modernas é a falta de rotina. Argumentava ela que, num dia com vinte e quatro horas, devíamos dormir oito, trabalhar outras oito e ter como horário de lazer as restantes oito, e assim existia equilíbrio na vida das pessoas. Ao ler aquilo fiz a mim mesma a seguinte pergunta: “onde estão então as minhas oito horas de lazer?” Todos sabemos que a vida hoje é bem mais agitada do que algum dia foi, temos(…)

Ler mais

A rotina, tesouro escondido

Sentado ao computador, aproveitando a meia hora diária de Internet a que tem direito em férias quando chove, o António, de nove anos, viaja pelo Google Earth. “Olha, mãe, a nossa casa! Que gira! Vem cá ver. O carro do papá está à porta!” Da sua secretária, onde estuda para os exames da universidade, o Francisco dá uma gargalhada: “Já reparaste, mãe? Há poucos dias escutei um fotógrafo na net a referir isto mesmo… O Google Earth permite-nos viajar pelo mundo inteiro. Podemos, com esta ferramenta, visitar lugares incríveis, explorar paraísos terrestres no outro lado do mundo. E qual é(…)

Ler mais

Tempo Comum

O Tempo de Natal já lá vai. Ainda falta mais algum tempo para a Quaresma, a Páscoa e o Tempo Pascal. Entre uma coisa e outra, vamos vivendo no Tempo Comum, e ontem foi o seu Domingo Terceiro. Cá em casa, as crises agudas que acompanharam o Tempo de Natal estão também a chegar ao fim, cicatrizando lenta mas seguramente. As covas no jardim já foram tapadas, as obras em casa terminaram ontem, e eu já saí da cama e do sofá. Pouco a pouco, a vida regressa ao ritmo normal. É o Tempo Comum da vida, o Tempo Comum(…)

Ler mais

Quinze dias com as Missionárias da Madre Teresa

Foi há vinte e poucos anos atrás. Nas minhas últimas férias de verão como universitária, decidi perguntar às Missionárias da Caridade sediadas em Lisboa se podia passar quinze dias com elas, ajudando-as no seu trabalho no Lar de Acolhimento para Abandonados e partilhando a sua vida. Disseram-me que sim. Informei a minha mãe e o Niall, e parti para Lisboa de comboio. Apanhei um táxi para a morada que me foi indicada, em Chelas, e de repente vi-me sozinha numa praça barulhenta cheia de barracas. Olhei para todos os lados, mas nem sinais de um convento. Toquei à campainha do(…)

Ler mais

As pequenas coisas e as nossas rotinas

Hoje é o primeiro sábado de setembro, mês de regresso à escola, ao trabalho, à rotina. Que bela oportunidade de santidade, este regresso! O ensinamento deste mês é um hino de louvor ao Senhor pelo dom das nossas rotinas… Já está disponível no site! E citando a Madre Teresa, que amanhã será canonizada: Nós não fazemos grandes coisas. Fazemos pequenas coisas com um grande amor! Ámen!

Ler mais

Nós, Jesus!

Primeira leitura deste domingo, XV do Tempo Comum, ano C: Este mandamento que hoje te imponho não está acima das tuas forças nem fora do teu alcance. Não está no céu, para que precises de dizer: ‘Quem irá por nós subir ao céu, para no-lo buscar e fazer ouvir, a fim de o pormos em prática?’ Não está para além dos mares, para que precises de dizer: ‘Quem irá por nós transpor os mares, para no-lo buscar e fazer ouvir, a fim de o pormos em prática?’ Esta palavra está perto de ti, está na tua boca e no teu(…)

Ler mais