Deus por entre as tendas

Os Acampamentos de Caná são férias, mas férias com Deus pelo meio. Estamos acampados um pouco ao jeito do povo de Israel no deserto: por entre as nossas tendas, caminha o Senhor, qual coluna de nuvem ou de fogo. E como o povo de Israel, também nós temos no centro do acampamento a “Tenda da Reunião”, o Canto de Caná, a que os mais pequeninos chamavam “aquela cabana de madeira”. Foi pois em ritmo bem marcado de oração que vivemos estes dias. No centro, a missa diária. E que missa! Crianças, bebés, adolescentes, pais e mães, famílias completas diante do(…)

Ler mais

O gatinho, a Irmã Lúcia e a Eucaristia

O recinto do Santuário Nossa Senhora Auxiliadora tem três visitantes de quatro patas diários. São três cães que passam ali o seu dia, aproveitando a distração dos funcionários para entrar no Colégio ou para entrar na própria igreja. São mansos e simpáticos, conhecem todas as crianças da catequese e da escola e só querem brincadeira. As Famílias de Caná que acamparam na quinta do Santuário também tiveram oportunidade de os conhecer bem e de lidar com as suas visitas mais ou menos indesejadas às suas tendas! E nunca conseguimos ir rezar ao Canto de Caná sem que um dos cães(…)

Ler mais

As vinhas de Caná

No sábado dia 18 foi dia de plantar vinhas em Caná. Caná de Mogofores, entenda-se! O senhor Joaquim e a D. Elisabete, generosamente, ofereceram as vinhas; o senhor Joaquim, o Niall e o André foram plantá-las. Cavaram, plantaram, regaram, e assim andaram o dia inteiro, transpirados mas felizes. O resto da família Power, naturalmente, aproveitou a “desculpa” das vinhas para passar um belo dia na quinta salesiana. Patins, bicicletas, matraquilhos, jogos de escondidas no canavial e debaixo do Canto de Caná – que como o nosso querido arquiteto Joaquim Santos previra, é suficientemente alto para permitir brincadeiras debaixo do estrado(…)

Ler mais

À sombra do Santuário #4

Antes de deixar Mogofores, o nosso antigo pároco, o padre José Fernandes, pai espiritual das Famílias de Caná, tinha-nos prometido uma imagem da Mãe de Caná, em madeira. Discretamente, com a ajuda de uma costureira da paróquia, que confecionou a roupa, e de alguém de quem não revelou o nome, mas que serviu de modelo, o senhor padre construiu o molde para apresentar ao artista. Será a primeira imagem de Nossa Senhora Auxiliadora, Mãe de Caná, e será em madeira. Aliás, serão duas imagens originais, pois uma será venerada na igreja paroquial de Mogofores, também ela à sombra do Santuário,(…)

Ler mais

O dom da Porta Santa

Falta menos de um mês para acabar o Ano Santo da Misericórdia. Quantas graças derramadas sobre a Terra e sobre cada um de nós neste ano, meu Deus! Ao longo de um breve ano, a Igreja deu muitos passos no caminho da Misericórdia, que é a essência de Deus. Abriram-se portas, estenderam-se mãos, rasgaram-se corações. Em Cracóvia, os jovens experimentaram o milagre da Misericórdia, enquanto um pouco por todo o lado, as famílias procuraram caminhos de reconciliação. Refletiu-se, meditou-se, rezou-se a Misericórdia. Redescobriu-se o dom do sacramento da reconciliação. Abriram-se as portas de muitas igrejas, até então sempre fechadas. O(…)

Ler mais