Testemunhos


Holywins na catequese? Vamos a isso!

Testemunho de Humberto e Márcia Martins:

Aqui por casa andava a inquietação com o Halloween e como contornar esta arruada de monstrinhos e diabinhos, bruxinhas e múmias, e tudo aquilo que inspira os graúdos a enfeitar e personificar o mal e o medo nas crianças. Na semana antes da celebração do todos os Santos, encontramos o post sobre o tema no site das famílias de caná!

Então resolvemos aproveitar a ideia, fizemos algumas adaptações e em vez de apresentarmos a ideia somente aqui em casa, decidimos lançar o desafio às crianças da catequese.

Então depois de termos passado a noite de “Holywins”, em casa a jogar às cartas com os mais novos, preparamos uma catequese diferente para o domingo dia 3 de Novembro.

Aproveitando a celebração de todos os Santos, enviamos mensagens aos pais, para as crianças procurarem em casa pagelas de santos, orações, novenas, biografias… enfim alguma coisa de um Santo para levarem para a catequese.

Depois preparamos uns pequenos acrílicos com os nomes das imagens dos Santos que temos na nossa igreja paroquial. Por fim escrevemos em pequenas tiras de papel nomes de alguns Santos.

No dia da catequese, juntamos os grupos das catequeses dos mais novos para uma catequese diferente na igreja, em vez de ser nas salas de catequese. Começamos por pedir às crianças que nos apresentassem o que encontraram em casa sobre os Santos. Todos apresentaram alguma coisa…

Depois perguntamos se conheciam alguns símbolos que identificassem o Halloween, praticamente todos disseram vários, ou seja, estavam à vontade com o tema!

Então perguntamos, se conseguiam identificar alguns dos santos que tínhamos nos altares, e aqui, foi o inverso, praticamente nenhum soube identificar.

Fomos então percorrer os altares, falar dos Santos que lá temos, indicamos alguns pormenores que permitiam a identificação de alguns dos santos e também resumimos a história de alguns deles.

Todos ficaram entusiasmados, não só por ficarem a conhecer os Santos que tínhamos na igreja, mas por serem eles a colocarem os acrílicos com os nomes.

Por fim e para terminar a catequese, lançamos um desafio: o amigo “santo” secreto. Cada criança tirou um pequeno papelinho de um vaso de barro, e o nome do santo que lhes calhou será o amigo “santo” secreto durante este ano. Para conhecer melhor esse amigo “santo”, como qualquer amizade que se preze terá que haver um conhecimento… e foi esse o desafio… cada um irá conhecer melhor esse santo e com ele rezar durante o ano.

Hoje perguntamos às crianças se se lembravam de quais eram os santos que tiraram no passado domingo. E foi muito bom ver o entusiasmo de alguns a dizerem o que já tinham encontrado… um começou a ver um filme sobre a vida de Santa Teresinha do Menino Jesus, outro fez algumas pesquisas e está a preparar um powerpoint “grande” sobre Santo Inácio de Loyola… outros relembravam ao colega do lado qual o nome do seu “amigo” (santo).

 

 

 

2 Comments

  1. Pilar Pereira

    Muito bom! Como prepararam tanta coisa em tão pouco tempo… Realmente, “querer é poder”!

  2. Com uma vontade forte fazem-se grandes coisas, dizia a beata Ana Maria Javouhey!!! 💪
    Que belo testemunho o vosso !!! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *