Comentários recentes

  • Teresa Power 28/05/2020 at 8:11 am em Como? Adiem-se os sacramentos?Esses sacerdotes existem e eu conheço alguns! E não esqueçamos que outras dioceses têm indicações diferentes para a celebração destes sacramentos, que não implicam adiar. Aliás, as indicações da CEP (que não obrigam nenhum bispo particular) não falam em adiamento. Estas decisões estão a ser tomadas a nível diocesano, com a autoridade do bispo de cada diocese. Rezemos juntos por uma renovação sacramental! Bj
  • Ricardo Cruz 27/05/2020 at 4:57 pm em As novíssimas revelações privadasMais uma brilhante e pertinente observação da Teresa. Divertir, quando se tem plena consciência do verdadeiro conteúdo doutrinal até é salutar... o problema reside precisamente quando ao serem partilhados por páginas oficiais e 'de confiança' sem o necessário enquadramento e explicação, por vezes apenas contribuem para a desinformação e completa confusão naqueles que não têm tanto conhecimento da fé que professam. Felizmente que ainda vamos tendo a Teresa para nos trazer a luz sobre estes temas e não deixar confundir o trigo com o joio. Bem-haja
  • Teresa Power 26/05/2020 at 7:02 pm em Como? Adiem-se os sacramentos?Ora aqui fica uma notícia que encontrei, mostrando precisamente como pode ser um casamento na era covid: https://www.zankyou.pt/p/casar-em-tempos-de-covid-19-a-historia-de-um-amor-nao-adiado-em-portugal
  • Filipa 26/05/2020 at 4:20 pm em Como? Adiem-se os sacramentos?ahahahah que máximo, pensei que era só eu! Obrigada pelo seu testemunho! Não casei há quase 20 anos...nem há 20 meses...e foi tal e qual! Grandes guerras por a lista de convidados ser tão pequena, o vestido tão simples, não ter ido ao cabeleireiro, não ter tido fotografo, musica e afins... não ter convidado o primo, a prima, o namorado da prima, a prima da prima, a amiga da mãe e do pai que já não vemos há 10 anos mas que há 15 anos nos convidou para o batizado do filho... Bem.... a Igreja esteve sempre aberta e não vi a prima, o primo e a prima da prima na Eucaristia quando as bodas foram exactamente lá, com o melhor banquete...e para a eucaristia, que eu saiba, ninguém precisa de convite formal! Enfim...é o que temos! Daqui a 2 meses chegará a guerra do batismo, tal e qual! 😉 Sim, porque haverá um sacerdote corajoso num raio de 300km que batize por acreditar que os sacramentos não são simbólicos mas antes reais, tal como disse a Teresa, e inadiáveis! Esses sacerdotes ainda existem!!! Eu quero mesmo acreditar que sim!!!
  • Catarina Ramos Tomás 26/05/2020 at 2:03 pm em Como? Adiem-se os sacramentos?Obrigada Teresa por nos ir formando nestas questões tão básicas da nossa fé. Já imensas vezes lhe agradeceram a simplicidade e clareza com que aborda assuntos tão complexos, mas hoje não resisto e escrevo mais uma vez. É certo que sou daquelas caseiras. Sempre me mantive muito pela minha paróquia e se calhar por isso nunca ouvi um padre falar assim. Desculpem estar sempre a ir buscar a minha vida, mas esta conheço bem. Quando quis batizar o meu primeiro filho foi-me dito que esperasse um pouco mais para que ficasse bem sentado nas fotografias; que não o batizasse na Vigília Pascal pois não poderia oferecer aos convidados o banquete de seguida; o processo burocrático para o batismo foi longo (mesmo estando nós - pais - muito integrados na comunidade... Na altura não conhecia a Família Power e por isso fui agindo de acordo com as "orientações" que me chegavam de quem presidia ao sacramento... E não, não procurei obter eu própria as respostas! Hoje faria diferente, porque entretanto que foi dada uma outra visão de como fazer. O meu Paróco em jeito de desabafo dizia que a melhor parte desta Pandemia era não ter que lidar com processos de casamento e batismo. O que é que se passa? Estará a casar e a batizar as pessoas suficientemente formadas? Não me lembro de me terem dito que o meu matrimónio comprometeria a minha entrada no céu... Lembro-me que me disseram para ser muito feliz... Isto tudo para dizer à Teresa que continue a formar (me). Aprendo sempre muito....
  • Lilian Nunes Vicente Fraga 26/05/2020 at 1:51 pm em Como? Adiem-se os sacramentos?Olá Teresa! Já há quase vinte anos muita gente se espantou como eu e o meu marido marcámos casamento para daí a três meses. Mas para mim o estranho são casamentos marcados com antecedência de um ou dois anos. As pessoas dão mais importância àquele dia de festa do que ao que se vai passar nos anos seguintes, endividam-se (ou os pais) para terem a mais espectacular festa do universo. Quando nasceu o meu primeiro filho, houve familiares que ficaram desiludidos por termos feito o baptizado umas semanas depois do nascimento, no inverno e só com um lanche. Que não se baptizavam crianças em Dezembro e porque não esperar pelo primeiro aniversário e fazer um festão num jardim. Assim continuámos a fazer com o segundo e o terceiro filho. Nunca me arrependi de nenhuma destas escolhas. Gosto da simplicidade e vivo bem assim. (Ainda hoje a minha avó, de quase 99 anos, diz que nunca viu uma noiva ver três vestidos e escolher um em quinze minutos)
  • Isabel Miguel 26/05/2020 at 11:05 am em Como? Adiem-se os sacramentos?Bom dia Teresa! Concordo plenamente consigo, custa me tanto ver crianças na minha própria família a serem batizadas com 1 e 2 anos de idade (mas isso não tem nada a ver com a pandemia). Bem haja pelas suas reflexões e comentários! Cumprimentos 🙂
  • Filipa 25/05/2020 at 7:31 am em Retirando as máscaras diante do SenhorPor aqui aconteceu exactamente o mesmo: achávamos que íamos passar o domingo longe de tudo e todos numa cascata no meio do nada e afinal todo o mundo lembrou dela!! Ahah mas há sempre caminho alternativo...e demos com uma ribeira algures também em nenhures e por ali ficámos a dar graças a Deus por tantas delicadezas e surpresas que nos faz! Encontrámos aqui também quem não ande só ocupado com as distâncias e os bancos e as transmissões... então no domingo passado também conseguimos um belo reencontro com o perdão do Senhor seguido de Eucaristia! Belíssimo! O que não faltou também este fim de semana! 😊 Espero que as pessoas consigam desconfinar tão bem das missas virtuais como desconfinaram do isolamento em casa!
  • Teresa Power 22/05/2020 at 9:56 am em Novena de Pentecostes e Ascensão do SenhorPilar, a Clarinha foi, no início deste ano letivo até à pandemia, treinadora adjunta da Lúcia. Estava a ganhar algum dinheirinho para poder regressar a Taizé e outros projetos, ao mesmo tempo que recuperava de uma lesão que a impedia de treinar propriamente. Como gostavam muito dela e viam nela competência, os seus treinadores convidaram-na para os ajudar com as mais novas. Se Deus quiser e a pandemia aliviar, em setembro retomará os treinos, não como treinadora, mas como realmente gosta: fazendo ginástica. Quanto ao fazer parecer fácil, eu penso que é isso também o significado da santidade: sorrir através da dor, não demonstrar o esforço e a dificuldade da ascensão, fazer parecer fácil... Não é? Bjs
  • Pilar Pereira 22/05/2020 at 8:13 am em Novena de Pentecostes e Ascensão do SenhorQuando li "a nossa ginasta", pensei na Clarinha (não me tinha apercebido que tinham outra ginasta na família), mas a imagem parada parecia-me da Lúcia - fiquei hesitante sobre qual seria. Bem, que força, Lúcia! Até fazes subir às árvores parecer fácil (não foi algo que eu alguma vez quisesse tentar, na minha vida)!...
  • Pilar Pereira 22/05/2020 at 8:03 am em O Céu, um eucalipto e a Ascensão de JesusGostei de ver o vosso treino prático! 💪🦵🦶 (Não, cá em casa falamos do Céu, mas não falamos o suficiente, provavelmente...)
  • Isabel Miguel 21/05/2020 at 11:14 pm em Novena de Pentecostes e Ascensão do SenhorObrigada pela partilha Teresa! Que energia a da Lucia... Assim sem dúvida que chegam ao céu 😀😘
  • Teresa Power 21/05/2020 at 10:17 am em Novena de Pentecostes e Ascensão do SenhorAhahah, eu também não me atrevo com o eucalipto!!! E o vídeo de amanhã talvez tire as ideias a mais alguns 🙂 Quanto à novena, esta tem sido realmente não só uma bela oração, mas a forma de aprendermos os dons e os frutos do Espírito, que cá em casa, já todos sabemos de cor. Experimentem! Não que vocês precisem de aprender de cor, pois certamente já os sabem 🙂 Boa festa!
  • Filipa 21/05/2020 at 9:41 am em Novena de Pentecostes e Ascensão do SenhorTeresa tenho andado a tirar medidas e tal desde o outro post... Estive tentada a utilizar esse método mas sinceramente...acha que o eucalipto é forte o suficiente???! Pelo sim ou pelo não, posso tentar outro método de ir para o céu, certo???! 😀 Um que provoque menos estragos na natureza!!! 😉 Vamos treinando e se resultar pode ser uma alternativa eheh 😉 Que dia tão bonito este da Ascenção!! Em vez de adiar até Domingo fazemos festa de hoje a Domingo 😁 ou de hoje até ao Pentecostes!! Vamos procurar essa novena (sou péssima com novenas porque nunca as consigo terminar...que falta de disciplina!) e preparar tudo para esse grande dia!! Obrigada!
  • antónio assunção 20/05/2020 at 11:24 pm em O perfumeA propósito de O PERFUME e do confinamento e desejo de ter relacionamentos com os outros... certamente sempre mais marcados da nossa (minha) parte pelo amor, esperando pacientemente que nasça a reciprocidade (como disse/diz Jesus: amai-vos uns aos outros, como Eu vos amei) para construir juntos um viver novo, lembrei-me do pensamento que me acompanha há muitos anos, recebido como prenda em momento especialmente significativo na minha vida que diz "O AMOR É COMO O PERFUME QUEM O TEM JÁ NÃO O SENTE SENTE-O QUEM SE APROXIMA" Acompanha o pensamento uma pintura feita no Carmelo do Porto com uma linda rosa (claro com espinhos)

Comments are closed