Em Caná da Galileia…



A frescura de Deus

Quarenta graus lá fora. É preciso manter portas e janelas fechadas, para que o calor não entre, e entretermo-nos em casa da melhor forma possível. Felizmente, e mesmo sem o recurso constante à televisão e aos computadores, aos nossos filhos não faltam de ideias! Só há duas formas de arrefecer, algumas vezes por dia. Esta…Banhos de rega! Liga-se a rega no jardim, e brinca-se até cair para o lado! …e esta: Eu estava deitada sobre a cama, sábado à tarde, sem me conseguir levantar de tão cansada me sentia com o calor (a gravidez tem destas coisas), quando a Clarinha(…)

Ler mais

Domingo XVIII do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga.  Esta reflexão regressa no final de agosto. PEQUENOS E GRANDES MILAGRES DE CADA DIA Neste domingo somos carinhosamente conduzidos ao deserto, esse lugar de desolação onde Deus Se revela na sua providência amorosa. Como Israel, deixemo-nos levar. No deserto, falta tudo. Caminhando entre a areia escaldante e o céu azul, o homem que por ali passa é atraído irresistivelmente para cima, para um Deus Uno como una é a paisagem que o rodeia. Assim, o deserto é o lugar ideal para crescer(…)

Ler mais

O II Acampamento de Caná foi assim…

Sexta-feira de madrugada, pelas seis da manhã, o António, de oito anos, abriu a porta do nosso quarto e chegou junto de nós: “Mãe, já posso ir de bicicleta para a quinta do Canto de Caná? Queria ir preparando as minhas coisas para o Acampamento.” De facto, a excitação era tão grande, que não sei como é que ele e os irmãos conseguiram sequer dormir durante a noite. Segundo nos contaram as outras famílias, não foi só na nossa casa esta animação. Há semanas que as crianças de Caná andavam a planear o grande evento do ano, com tanto ou(…)

Ler mais

Domingo XVII do Tempo Comum, ano B

Reflexão semanal, escrita pela Teresa, sobre as leituras do domingo seguinte, publicada no jornal diocesano Correio do Vouga NADA SE PERDE, TUDO SE MULTIPLICA A Palavra deste domingo confronta-nos diretamente com o que há de mais radical na doutrina de Jesus – e com o que de menos radical nós, cristãos, vamos fazendo. Porque no dia em que vivermos o que hoje nos é proposto, o mundo será um lugar diferente. Um homem do povo oferece ao profeta Eliseu as primícias do seu trabalho: vinte pães de cevada e de trigo novo. É a sua forma de agradecer a Deus,(…)

Ler mais

O Acampamento de Caná à vossa espera…

Nestes dias de verão, de vez em quando, gostamos de passar algumas horas da tarde na quinta dos salesianos, junto ao Canto de Caná. O pátio do Colégio é todo nosso, e os meninos brincam à vontade nos vários campos de bola ou patinam pelo recreio, em grande euforia. Depois, na quinta, visitam os animais, brincam às escondidas nas canas ou simplesmente exploram por ali. Lanchamos nas mesas de piquenique que as Famílias de Caná tão bem conhecem, e depois terminamos a tarde rezando o Terço no Canto de Caná. Num destes dias, enquanto os meninos brincavam, subi os degraus(…)

Ler mais